sexta-feira, 12 de junho de 2020

“Guantanamera”: como uma música sem maiores pretensões alcançou sucesso internacional


O ritmo da canção Guantanamera faz parte de um gênero musical muito popular nos campos de Cuba: a guajira ou punto cubano. De forte influência branca e espanhola, é a mistura dos ritmos dos filhos de espanhóis nascidos na América, os criollos

É uma das músicas mais cativantes e famosas que a música espanhola já conheceu: "Guajira guantanamera", também conhecida como "Guantanamera". É também um dos mais difundidos, não apenas no mundo de língua espanhola. E tem uma história bastante curiosa.

O nome guajiro como sinônimo do campesino cubano vem da época em que os conquistadores espanhóis, depois de dizimar a população indígena e ainda sem os escravos negros, recorreram aos índios da região de La Guajira, entre a Venezuela e a Colômbia, para trabalhar no campo.

Não se sabe exatamente quando surgiu La Guantanamera. É uma manifestação folclórica do povo campesino. Sua origem é a cidade de Guantánamo, onde está a base naval dos Estados Unidos. O título da canção La Guantanamera significa mulher de Guantánamo.

GUANTANAMERA - CANCIONES DE MI COLOMBIA

Tornou-se popular na década de 1930, quando seu autor oficial, o cubano Joseíto Fernández - nascido em Havana em 5 de setembro de 1908 - participou do programa de rádio "El suceso del día", cantando letras improvisadas sobre temas atuais, em aqueles inseridos pelo coro "Guantanamera, guajira guantanamera".

No final da década de 1940, o compositor e pianista espanhol-cubano Julián Orbón (1925-1991) realizou um experimento com essa música, substituindo as letras improvisadas de Fernández por versos dos Versos Simples de José Martí, herói da independência cubana, e de acordo com alguns estudiosos, mudar parte da melodia, que até hoje gera disputas sobre autoria.

A primeira estrofe diz:

§ "Eu sou um homem sincero / De onde a palma cresce / E antes de morrer eu quero / Lançar meus versos da alma."

Ao longo das décadas, esta versão mais recente ganhou notável popularidade, tornando-se uma espécie de emblema cubano. Centenas de artistas dentro e fora do país já gravaram em vários estilos e idiomas, tornando-se também uma das melodias mais usadas pelos torcedores para incentivar seus times.
"Guantanamera" na Inglaterra

A popularização de "Guantanamera" entre os fãs de países não-hispânicos está provavelmente relacionada ao sucesso e à disseminação de gravações de músicos americanos na década de 1960, particularmente as de Pete Seeger (1963) e The Sandpipers (1966).

Este último alcançou as dez primeiras posições no ranking recorde em 1966, ano em que a Inglaterra venceu o que até agora é sua única Copa do Mundo de Futebol.

A música data de 1963 e uma das gravações mais conhecidas é do grupo The Sandpipers. No Brasil, foi regravada por vários grupos, como Tarancón e Raíces de América.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!