quarta-feira, 10 de junho de 2020

Design de Interiores | Uma área promissora, mas que exige permanente atualização


Como está o mercado de trabalho para Design de Interiores?” | Guia ...
Quem não se encanta com aquelas casas lindamente planejadas e decoradas que se vê nas revistas especializadas e nos programas de TV? Vamos saber mais sobre o profissional de Designer de Interiores?


No Brasil, a profissão ainda é considerada recente e está em alta. Estima-se que cerca de 15 mil designers estejam em atividade produzindo trabalhos que unem qualidade de vida, beleza e funcionalidade do ambiente, harmonizando espaços e encantando usuários.

O mercado de trabalho para o profissional que idealiza, planeja e organiza de maneira adequada e responsável os ambientes interiores residenciais, corporativos, comerciais e até cenográficos estava em grande expansão até a chegada da pandemia do COVID 19 que virou o mundo de ponta cabeça.

Sabendo que todo cenário de recuperação de crise econômica traz consigo lições aprendidas diante das mudanças e adaptações necessárias no período de recessão, os Designers de Interiores desenvolveram novas formas de atuação. Dentre elas, destacam-se as consultorias e os projetos indicativos, onde observa-se um atendimento mais dinâmico e personalizado.

Se for feito um balanço de como foram os últimos anos para os profissionais da área de design de interiores no Brasil, destacar-se-á o dinamismo e as inovações adotadas pelo segmento, tendo como evidência o aumento de assessorias, em substituição aos projetos maiores.

Ele afirma que alguns aplicativos foram lançados no setor, fazendo com que os clientes busquem profissionais próximos para acompanhar em determinadas compras específicas e/ou prestar serviços bem pontuais e de pequeno porte. O conhecimento, aliado a novos modelos de prestação de serviço, fez com que muitos profissionais buscassem caminhos novos, inusitados e até mais lucrativos. 

Criando um diferencial
Pós Graduação presencial em Design de Interiores - Ambientação e ...

Mesmo com a incerteza do que será o mundo no pós pandemia, é esperada uma retomada da economia, com ênfase no mercado da arquitetura e do design de interiores já que muitos projetos foram abortados ou adiados.

Quando vier a retomada da confiança dos investidores após o planejamento e readequações corporativas, a tendência será de investir de maneira menos receosa, em projetos residenciais e autorais, de repaginação de ambientes.

Esse interesse pelo mercado é constatado pela observação do volume de cursos oferecidos na área. Segundo o Guia da Carreira, no último ano haviam 96 cursos. 

Tendência do mercado

Formação em Design de Interiores - IBDI - Instituto Brasileiro ...

Para quem se interessa pela área e pretende especializar-se é fundamental dar a devida atenção ao uso de materiais e soluções sustentáveis, durante a elaboração de projetos. O mercado aponta para uma ampla aceitação neste sentido, onde se prima pela eficiência energética e por soluções menos agressivas ao meio ambiente.

Outra vertente amplamente valorizada é a acessibilidade dos ambientes. Pensar de forma a conferir a acessibilidade aos mais variados perfis de pessoas e necessidades é fundamental a projetos completos e bem idealizados. Mostra, além de sensibilidade profissional, o cumprimento do papel social e inclusivo do design de interiores.

Nunca é demais ressaltar que, a inventividade e criatividade na hora de pensar e planejar os espaços, sempre serão um destaque pessoal do profissional. Muitos optam em criar uma marca para seus projetos e se tornarem referência nisto. Quando isso acontece, é normal os conhecedores da área ao ver um projeto de determinado profissional, afirmar “é a cara de fulano de tal”.

Isso pode ser visto em trabalhos que valorizam sobremaneira técnicas inovadoras em projetos luminotécinos, em releituras especializadas em estilos, ou mesmo pela quebra constante de padrões estabelecidos.

A marca pessoal é um importante trunfo que ajuda o profissional a ser reconhecido pelo que faz de melhor. Vale a pena se atentar a isso como um diferencial para sua atuação.
Sendo “um ponto fora da curva”

Designers de Interiores e outros profissionais da área precisam compreender qual de fato é o seu nicho de atuação. Mercados “nichados” sempre demoram um pouco mais para perceberem as crises acontecendo, justamente por estarem blocados. A exemplo da medicina e do direito, assim como outras.

O profissional que pretende ingressar nesta área precisa, primeiramente, especializar-se. Isso é fundamental para a conquista de espaço de forma capacitada e antenada com a evolução do setor. O segundo passo é associar-se a escritórios que já são referência no mercado.

Antes mesmo de seguir carreira solo e assinar por consultorias personalizadas, a experiência junto a equipes já consolidadas dará respaldo técnico necessário para amparar o voo solo. Uma importante dica é atuar junto a lojas especializadas em personalização de mobiliários. Elas sempre demandam profissionais que possam contribuir com ideias para atender seus clientes. 

Curso Técnico em Design de Interiores. Formação em apenas 12 meses.

Vale a pena conferir as oportunidades oferecidas no mercado, se disponibilizar a ajudar com projetos e se mostrar disponível para apresentar de maneira mais assertiva a esse promissor cenário.

Outra forma de marcar sua presença no mercado é associando-se a núcleos de decoração, de design, geralmente formados por lojistas. Assim, é possível estar inserido na programação constante de palestras e eventos corporativos promovidos.

Contatos estratégicos, a chamada network, fazem toda a diferença na hora de se projetar uma carreira de sucesso. Muitas vezes, desses núcleos nascem importantes parcerias com outros profissionais que atuam de forma complementar ao seu trabalho.

Para quem quer se tornar um especialista e se diferenciar no mercado de trabalho de design de interiores no Brasil, não tem outro caminho senão aprofundar os seus conhecimentos na área e estar sempre atento aos cenários do mercado.

Sucesso!

Referência: https://blog.ipog.edu.br/


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!