sexta-feira, 1 de maio de 2020

Conotações sobre “Belial” no Antigo e Novo Testamentos


Portal dos Mitos: Belial

Em meio à saraivada de informações desde que o planeta terra descobriu o COVID 19, surgiu uma profusão de termos pouco usuais na língua portuguesa que, não raro, nos obriga a buscar a ajuda no amigo Google

Parte dessas palavras ou expressões são utilizadas para definir o caráter de algumas pessoas, - geralmente de cunho pejorativo, - outras nas citações jurídicas onde os militantes da área aproveitam para mostrar seus dotes linguísticos, mas uma em especial foi utilizada por Pastor Presbiteriano, referindo-se ao discurso de posse do novo Ministro da Justiça: “Belial”!

Pesquisando sobre o vocábulo, encontrei o texto abaixo onde é feita uma análise da citação com conotações diversas, no Antigo e Novo Testamentos. 


Euriques Carneiro__________________________________________________


Substantivo ou nome próprio?

Segundo a Bíblia, belial não é um demônio. A palavra belial escrita no Antigo Testamento é um substantivo e não um nome próprio. O tratamento de Belial como um demônio vem da mitologia dos cananitas.

Em várias passagens bíblicas a palavra belial é citada em conjunto como: "filha de belial" ou "filho de belial", dando a impressão de ser filho de alguém. Na verdade, a palavra belial - em hebraico beliya’al - significa 'inútil' ou 'sem valor'. 


Belial no Antigo Testamento
O que significa Belial?

No Antigo Testamento não há uma referência a Belial como um personagem bíblico. Ou seja, a expressão filhos de belial seria como: filhos da perversidade, filhos da iniquidade ou filhos da inutilidade.

A Bíblia cita a expressão filhos de belial para pessoas ímpias, perversas, vadias, inúteis e más. Esta expressão pode ser encontrada no Antigo Testamento com pequenas variações, mas todas apontam para pessoas que estão afastadas ou longe do caminho do Senhor.

Um exemplo de pessoas citadas como filhos de belial foram os filhos do sacerdote Eli. A Bíblia cita-os como filhos de belial devido à incredulidade e ao comportamento perverso com as coisas de Deus (1 Samuel 2:12).

Ainda no livro de 1 Samuel, Ana quando estava no templo orando foi acusada por Eli de estar bêbada que se justificou dizendo não ser uma filha de belial (1 Samuel 1:16). Em outras passagens, a expressão filhos de belial também é utilizada para se referir a homens idólatras (Deuteronômio 13:13). 


Belial no Novo Testamento
Oséias 4-6: O que significa filhos de Belial

Na época em que Paulo vivia o termo Belial era associado a Satanás, pois a expressão em hebraico significa imprestável. Era comum na antiguidade o uso do termo para se referir ao Diabo.

Apesar do uso da expressão na antiguidade, no Novo Testamento há apenas uma citação ao nome Belial e de maneira personificada em 2 Coríntios 6:15. Nesta epístola, o Apóstolo Paulo escreve a respeito dos crentes e dos ímpios, citando o nome Belial para ilustrar o que é oposto a Cristo, no caso o Diabo.

Belial ou Beliar
Belial – Wikipédia, a enciclopédia livre

No entanto, os escritos judaicos utilizam Belial ou Beliar de forma personificada para se referir a Satanás, ao diabo, ao demônio superior ou até ao anticristo. Com base nesses materiais apócrifos podemos entender que Belial passou a ser um termo característico para designar Satanás, inclusive usado pelos primeiros cristãos.

Pode ser que isso explique o uso que Paulo faz do termo, mas não há como saber por que o apóstolo preferiu Belial em vez de Satanás, diabo, demônio superior ou anticristo. Alguns intérpretes argumentam que Belial, da forma com que é utilizado por Paulo, talvez seja um termo abrangente que inclui todos esses nomes citados acima.

O que importa é que Paulo está fazendo uma clara exortação de que os cristãos verdadeiros seguem a Cristo e rejeitam completamente a Belial e tudo quanto ele representa.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!