segunda-feira, 11 de maio de 2020

A história da psicanálise foi iniciada com Freud, que é considerado o pai dessa técnica terapêutica


Freud Psicanálise - Home | Facebook
Sigmund Freud, um médico neurologista, filho de pai judeu, nascido na Tchecoslováquia e criado na Áustria, ingressou na faculdade e concluiu sua formação médica um pouco mais tarde do que o habitual, devido ao alto valor que tinha a escola de medicina austríaca
Durante seu curso, deu grande ênfase às pesquisas. Fato que resultou em trabalhos inconclusivos, como as pesquisas sobre o órgão sexual das enguias. Seu interesse pela menta humana surgiu quando Freud escutava pacientes histéricos. Criou-se, então, o que se denomina como Psicanalise, bem como sua composição teórica, sua prática, seu método terapêutico e sua ética.


A psicanálise é um método de tratamento de transtornos mentais, moldado pela teoria psicanalítica. Freud, enfatiza processos mentais inconscientes e é algumas vezes descrita como a “psicologia profunda”. É comum a confusão entre psicanálise e psicologia, porém são coisas bastantes distintas, é possível que um psicólogo seja psicanalista, da mesma maneira que um psicanalista pode não ser um psicólogo.

A psicanálise promove a consciência de padrões de emoções e comportamentos inconscientes, desadaptativos e habitualmente recorrentes. Isso permite que aspectos anteriormente inconscientes do self se integrem e promovam um ótimo funcionamento da mente, cura e expressão criativa. 
Pai da psicanálise Psicoterapia, Psicanálise, Saúde Mental e Humanidades: Entrevista ...
Sigmund Freud foi o fundador da psicanálise e da abordagem psicodinâmica da psicologia. Essa escola de pensamento enfatizava a influência da mente inconsciente no comportamento. Freud acreditava que a mente humana era composta de três elementos: o id, o ego e o superego.

As teorias de Freud sobre os estágios psicossexuais, o inconsciente e o simbolismo dos sonhos continuam sendo um tema popular entre os psicólogos e os leigos. Apesar disso, seu trabalho é visto hoje com ceticismo por muitos.

Muitas das observações e teorias de Freud foram baseadas em casos clínicos e estudos de casos, o que dificultou sua generalização para uma população maior. Independentemente disso, as teorias de Freud mudaram a forma como pensamos sobre a mente e o comportamento humanos e deixaram uma marca duradoura na psicologia e na cultura.
História da Psicanálise 
Freud e a Neuropsicanálise das Memórias Emocionais - 9789727963584 ...

De acordo com a American Psychoanalytic Association, a psicanálise ajuda as pessoas a se entenderem, explorando os impulsos que muitas vezes não reconhecem porque estão escondidos no inconsciente. Hoje, a psicanálise engloba não apenas a terapia psicanalítica, mas também a psicanálise aplicada (que aplica princípios psicanalíticos a configurações e situações do mundo real), bem como a neuropsicanálise (que aplica a neurociência a tópicos psicanalíticos, como sonhos e repressão).

Enquanto as abordagens freudianas tradicionais podem ter caído em desuso, as abordagens modernas da terapia psicanalítica enfatizam uma aproximação não crítica e empática. 
4 elementos da Teoria de Freud
Para quem quer se aprofundar no estudo da psicanálise e suas premissas, é de todo recomendável conhecer e estudar a teoria freudiana e seus 4 elementos: 
1. O Método Psicanalítico para Freud
2. Consciente, Pré-Consciente e Inconsciente, Id, Ego e Superego
3. Complexo de Édipo
4. Fases da sexualidade infantil

Psicanálise – tudo sobre o método de Freud para lidar com a mente ...

Fonte: https://www.vittude.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!