terça-feira, 14 de abril de 2020

Vaticano | A oração de Andrea Bocelli continua a ecoar e emocionar o mundo

Coronavírus: Live de Andrea Bocelli na catedral de Milão alcança ...
Foto: uolentretenimento

Como quem une o planeta, independentemente da religião professada, o curto e impactante concerto do tenor italiano no Domingo de Páscoa, direto da vazia Catedral de Milão, na Itália, já foi visto por mais de 30 milhões de pessoas nos quatro cantos do mundo

Uma voz que “encheu a Catedral, privada de milhares de orações dos fiéis ou dos seus visitantes apaixonados” e que “uniu Milão e o mundo inteiro numa única oração de súplica e confiança, de gratidão e de louvor”, disse o arcipreste Gianantonio Borgonovo.

A performance musical de Andrea Bocelli intitulada #MusicForHope (na tradução livre Música Pela Esperança) foi transmitida ao mundo, via streaming, ao final da tarde do Domingo de Páscoa, direto da Catedral de Milão, na Itália. O curto e impactante Concerto Pascal, de cerca de 25 minutos, já chegou a mais de 30 milhões de visualizações nesta terça-feira (14), na página oficial do tenor italiano. Um resultado que coloca a exibição em primeiro lugar das tendências mundiais e entre os vídeos mais vistos de todos os tempos.

O arcipreste da Catedral de Milão, Gianantonio Borgonovo, como reporta a agência de notícias Ansa, disse que o show de Andrea Bocelli foi “uma iniciativa que certamente vai ficar nos anais do nosso arquivo como uma página inesquecível”. Ele acrescentou que, com a voz do tenor que “encheu a Catedral, privada de milhares de orações dos fiéis ou dos seus visitantes apaixonados, a Aleluia Pascal no dia da Ressureição pode ressoar nas casas do mundo inteiro. A ‘nossa’ Catedral, a casa dos milaneses, uniu Milão e o mundo inteiro numa única oração de súplica e confiança, de gratidão e de louvor”. 

A força da oração
Para o Concerto Pascal direto da Catedral de Milão, Andrea Bocelli – que não cobrou cachê – foi acompanhado somente por Emanuele Vianelli, que tocou um dos maiores órgãos de tubos do mundo. No repertório, a interpretação de hinos religiosos, como Ave Maria, de dentro da igreja vazia, e de Amazing Grace, em frente à Catedral; nas imagens, além do templo vazio, a live repercorreu a realidade deserta das principais capitais do mundo. 

Saiba onde assistir o concerto de Andrea Bocelli após a missa do Papa

“Acredito na força de rezar juntos”, disse o cantor de 61 anos para promover o evento do Domingo de Páscoa: “acredito na Páscoa cristã, um símbolo universal de renascimento que todos, sejam crentes ou não, realmente precisam agora”. Bocelli é um dos tenores mais famosos do mundo, com mais de 70 milhões de discos vendidos.
A resposta pelas redes sociais

Num mundo provado pela pandemia do Covid-19, com medidas obrigatórias de distanciamento social e isolamento domiciliar na maior parte dos países, a live de Páscoa de Bocelli, gratuita e disponibilizada ao vivo, via streaming, acalentou e confortou corações angustiados.

Pelas redes sociais, as reações se repetiam em tempo real descrevendo o forte poder da música em meio à crise sanitária. Mensagens como: “a live do Andrea Bocelli foi tão incrível que me fez esquecer por um instante todo o caos que o mundo está vivendo” ou ainda “a voz de Andrea Bocelli neste domingo nos traz uma mensagem de esperança e paz nestes tempos sombrios”. 

Todos podem colaborar com doações

Para “abraçar os corações feridos”, o concerto também procurou sensibilizar para uma campanha de arrecadação de fundos feita pela fundação do tenor, que já tem feito contribuições. No próprio Domingo de Páscoa, a “Andrea Bocelli Foundation” doou 4 respiradores e uma ala de 30 leitos dedicada ao tratamento de Covid-19.

Primeiramente o objetivo era contribuir com o Hospital de Camerino, na Itália, comunidade que recebe da fundação um projeto de reconstrução, depois do terremoto de 2016. No entanto, com a generosidade das doações, outros hospitais já estão sendo auxiliados. A fundação trabalha há quase 10 anos ajudando as pessoas em dificuldade por causa de doenças, pobreza e desigualdade sociais tanto na Itália, como em países em desenvolvimento, como o Haiti.


Fonte: www.vaticannews.va

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!