terça-feira, 28 de agosto de 2018

“Menina com espigas” | Uma das mais expressivas obras de Renoir compõe o acervo do MASP desde 1952


Resultado de imagem para menina com espigas - renoir
O artista francês Renoir, teve problemas ao se tornar portador da doença articular artrite, mas ainda assim continuou pintando até o fim de sua vida e entrou para a história da arte ao produzir belíssimos trabalhos amarrando o pincel em seu braço

Quando pesquisamos as principais obras de Pierre-Auguste Renoir encontramos “Mulher com sombrinha” de 1867, “O camarote” de 1874, “Le Moulin de La Galette” de 1876, “Madame Georges Charpentier e suas filhas” de 1878, “Remadores em Chatou” de 1879, “Elizabeth e Alice de Anvers” de 1881, “A dança em Bougival” de 1883, “Mulher amamentando” de 1886, entre outras, mas poucas são tão enigmáticas como “Menina com espigas” de 1888

Renoir (1841 – 1919,) alegrava-se por ter nascido num família de grande talento manual, onde havia alfaiates, ourives e desenhista de modas. Para ele teria sido mais difícil se tivesse nascido numa família de intelectuais, pois teria levado muito tempo para se livrar das ideias recebidas. De origem humilde, aos 13 anos de idade ele deu início à sua carreira artística, pintando porcelanas, cortinas e leques para ajudar financeiramente sua família composta por mais seis irmãos. Émile Laporte, seu colega nas aulas noturnas da Escola de Desenho e Arte Decorativa, incentivou-o a frequentar o ateliê do mestre suíço Charles Gleye, para que pudesse se ingressar na Academia, o que aconteceu dois anos depois.

“Menina com as Espigas”
Resultado de imagem para menina com espigas - masp

A composição denominada Menina com as Espigas, também conhecida como Menina com Flores, é uma obra do pintor. Faz parte do acervo do MASP desde 1952. Renoir fez inúmeros retratos de crianças, na maioria das vezes valendo-se de uma técnica em que usava cores vistosas, trabalhando minuciosamente os detalhes, como acontece com esta pintura em que o artista usa um colorismo exuberante e superfícies esmaltadas, possivelmente lembrando a sua juventude, quando decorava leques e porcelanas.

Ficha técnica
Ano: 1888
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 65 x 54 cm
Localização: Museu de Arte, São Paulo, Brasil
Fonte: Enciclopédia dos Museus/ Mirador

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!