domingo, 25 de fevereiro de 2018

“Andar com fé eu vou, que a fé não costuma falhar...” (Gilberto Gil)


Imagem relacionada
Para início de conversa, não confundamos fé com religião, até porque cada um tem a sua, - ‘ou não’, como diria o poeta Caetano Veloso, - mas falemos de fé na medida em que se acredita na existência de algo ou alguém acima de nós e das nossas fraquezas

Poderíamos assim definir: ‘Ter fé vai além da nossa razão, é crer no impossível, em algo que, de início não conseguiríamos alcançar.

Cientificamente falando, a OMS (Organização Mundial da Saúde) atesta que a fé influencia na saúde física, mental e biológica. Ter fé pode diminuir riscos de diabetes, doenças cardiovasculares, respiratórias, infartos, acidente vascular cerebral. Em 2004, foi publicado uma pesquisa pelo São Paulo Medical Journal que afirma o poder da prece na recuperação de pacientes com câncer. O médico fisiatra Marcelo Saad relata que a espiritualidade propicia equilíbrio neurofisiológico e hormonal, atua no imunológico, estimula a produção de endorfina, hormônio responsável pelo bem estar.

A fé torna as pessoas mais amigáveis. Os espiritualizados participam mais intensamente da vida pública. Enquanto 26% dos americanos céticos se declararam muito felizes, o percentual de felicidade aumenta para 43% entre as pessoas espiritualizadas.

Mesmo para os mais céticos, não há como negar importância da fé. Entretanto, as dificuldades diárias, como a violência, o descalabro político e econômico, o desemprego, a falta de dinheiro e mazelas diárias com as quais convivemos diariamente, podem abalar ou não deixar que ela se manifeste. A espiritualidade começa com a fé em suas capacidades, em saber que não há mal que dure para sempre e nem felicidade perene. Na vida, aprendemos muitas coisas, alguns conhecimentos tornam-se inúteis, outros, colocam a existência em risco.

Explanar sobre os benefícios da fé é redundância, mas como dissemos de início, nunca é demais esclarecer que fé e religião são coisas distintas. Existem pessoas com uma fé inabalável que não seguem uma religião. Também podemos ver religiosos fervorosos sem fé. A fé é uma sensação, energia maior que livros sagrados e dogmas. A fé começa em você, na sua capacidade de acreditar em suas habilidades. É o poder de continuar a crer na humanidade, mesmo com tanta ganância e guerras. A crença em si e no próximo são as bases para adotar a solidariedade até mesmo com quem demonstra não merecer. 


Resultado de imagem para porque é importante ter fé

Uma pessoa com fé, jamais deve ser vista como alguém acomodado. Ela sabe que nada vem do céu. Ela tem a certeza que dedicação e respeito aos nossos valores e ao próximo é as chaves que abrirão as portas do sucesso. Até mesmo pessoas de fé inabalável passam por momentos difíceis. A diferença é que a fé traz força diante de situações adversas. Quem possui coração iluminado por ela, sabe que seus problemas não são maiores que sua capacidade de superação. Os problemas são oportunidades para provar a todos o imenso poder que tem a fé.

Podemos comparar a fé a uma montanha. É difícil chegar nela, alguns desistem no meio do caminho, entretanto, quem persiste alcança uma vista indescritível.


Do topo desta montanha é possível ver e sentir toda a beleza deste mundo. Sentir a energia do vento, das folhas, das flores, se refrescar e animar com a chuva e sorrir ao som dos pássaros. A fé é um ímã. Com ela você só atrai coisas boas. Gentileza atrai gentileza. Solidariedade atrai solidariedade. Fé atrai fé. Quando seu coração está cheio de bondade, uma legião de pessoas bondosas vai surgir em seu caminho. Nunca duvide disso.


Referência: http://www.asomadetodosafetos.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!