Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

sábado, 23 de setembro de 2017

Série de ‘Máquina Mortífera’ já estreou na TV aberta


Resultado de imagem para maquina mortifera - nova serie

Para os fãs que se divertiram com a franquia "Máquina Mortífera” e as loucuras de Martin Riggs (Mel Gibson) que levavam Roger Murtaugh (Danny Glover) à loucura, ta na hora de reviver as emoções com a nova série, mas com outros atores

Exibida no Brasil pela Warner Channel, a produção terá em seu segundo ciclo 22 episódios, quantidade superior à primeira, que contou com apenas 11, recebendo um acréscimo de mais sete após seu sucesso com o público e a crítica.

A nova temporada estreou ontem, sexta-feira, 22, na TV aberta, com Clayne Crawford (‘Rectify’) no papel que foi de Mel Gibson, enquanto Jordana Brewster (‘Velozes e Furiosos’) viverá a Dra. Maureen “Mo” Cahill, negociadora que trabalha como psicóloga dentro da Polícia de Los Angeles e ajuda os colegas de profissão.

Damon Wayans viverá Roger Murtaugh – interpretado por Danny Glover nos cinemas, nos três longas que fizeram sucesso há três décadas quando foi lançada o primeiro filme da série.

Perda irreparável
Resultado de imagem para maquina mortifera 5

A série trará o policial e ex-militar Martin Riggs se mudando para Los Angeles para recomeçar sua vida após perder seu filho e sua mulher. Com atitudes insanas e parecendo estar sempre disposto a morrer, ele se mete em situação onde parece não ter saída mas sempre se safa com uma boa dose de sorte. Na cidade, ele se torna parceiro de Roger Murtaugh (Glover), um detetive com crises de nervoso que recentemente sofreu um ataque cardíaco e vive olhando para a cicatriz e para um aparelho que controla os batimentos cardíacos.

Último fruto de uma longa safra de adaptações de clássicos do cinema para a TV (veja o Bloco X sobre o tema), a versão seriada de Máquina Mortífera não tem o charme ou o apelo da série de filmes iniciada por Shane Black e Richard Donner em 1987.

A produção da Fox ensaia, com boa vontade, criar a sua própria linguagem, mas a soma do episódio-piloto, exibido na San Diego Comic-Con 2016, mostra apenas reprodução ao pé da letra da fórmula que fez a fama do filme estrelado por Mel Gibson e Danny Glover.

Falta o contraste de personalidades fortes da dupla original. Enquanto Damon Wayans ganha facilmente o público com um estilo de humor conhecido de séries como Eu, a Patroa e as Crianças; Clayne Crawford, que tem no currículo participações em Jericho e 24 Horas, ainda é uma incógnita. O ator chega a ter momentos charmosos como Martin Riggs, mas qualquer comparação com a versão de Gibson anula todo o seu esforço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!