segunda-feira, 1 de maio de 2017

Peça 'Havemos de Amanhecer' adapta poema de Carlos Drummond de Andrade


Resultado de imagem para havemos de amanhecer peça 2017


Inspirado em poemas de Carlos Drummond de Andrade, a peça promove uma fusão do teatro e dança, provocando um olhar para dentro de cada um de nós

Temas como amores não resolvidos, sonhos guardados, desejos reprimidos e infância perdida são debatidos no primeiro espetáculo da Cia Espaço Mágico que voltou a cartaz no último sábado (29), no Viga Espaço Cênico, em São Paulo.

Inspirado em poemas de Carlos Drummond de Andrade, ‘Havemos de Amanhecer’ mostra a busca pelo 'eu' sem tirar o olhar do outro, e mostrando também o que acontece em sua volta. De uma maneira geral, a peça aborda as coisas que as pessoas preferem não dividir com ninguém.

A paisagem da peça é composta por uma montanha de pétalas negras com seis metros de altura, um esqueleto gigante de mamute feito com arame, cabeças de elefante em corpos de homem, atores e atrizes de oito etnias diferentes.

A ideia é misturar as dança e teatro para potencializar o gesto e a palavra. A obra de Drummond questiona por que vivemos em tempos tão sombrios.

O elenco conta com a participação de Lisandro Leite, Rodrigo Biondi, João Paulo Lorenzon, Fernanda Chuquer, Mariane Wegmann, Agnes Rumi, Érika Caroline, Larissa Terada, Isabella Kitsis e Michele Mattos.

Serviço:

Havemos de Amanhecer

Classificação: 12 anos

Duração: 1h 10m

Elenco: Agnes Rumi, Érika Caroline, Fernanda Chuquer, João Paulo Lorenzon, Larissa Terada, Lisandro Leite, Mariane Wegmann e Michele Mattos

Diretor: João Paulo Lorenzon

De: João Paulo Lorenzon

Onde: Viga Espaço Cênico R. Capote Valente, 1323 - Sumaré - Apresentações: Sáb 21h, R$60 | Dom 19h, R$60 Temporada: A partir de 29/04/2017 até 25/06/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!