Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

domingo, 28 de maio de 2017

Gosto pela aventura: em 2010, com apenas 16 anos, Jessica Watson deu a volta ao mundo em um veleiro


Resultado de imagem para jessica watson 2017

Em 2010, a jovem australiana Jessica Watson, de 16 anos alimentava o sonho de ser a pessoa mais nova ao dar uma volta ao mundo de barco, sozinha, sem escalas e sem assistência, a bordo de um veleiro cor de rosa.


Jessica Watson realizou seu sonho e cruzou os três oceanos, enfrentou ondas de 40 metros, tempestades aterrorizantes e seu barco virou sete vezes nos 42 mil quilômetros e meio que percorreu sozinha. E o mais surpreendente de tudo isso, ela só tem 16 anos.

A ideia da viagem começou quando a adolescente tinha apenas 13 anos de idade, a garota comentou com a mãe sua vontade de viajar de barco. Mas o sonho de Jessica Watson era ambicioso, ela queria ser a pessoa mais nova a completar o trajeto, sem escalas e sem assistência, a bordo de um veleiro.

Com o apoio dos pais que são de uma família de velejadores, foram três anos de preparação para a conquista de um sonho. "Tinha medo de que algo acontecesse com ela durante a viagem, mas eu acho que seria pior ainda dizer não", disse o pai em entrevista para um programa de TV australiano.

"Ella's Pink Lady"

Resultado de imagem para jessica watson 2017 "Ella's Pink Lady"

A bordo de um barco a vela cor-de-rosa, o "Ella's Pink Lady", Jessica chegou em terra firme a Sydney depois de 210 dias e se tornou a pessoa mais jovem a fazer uma viagem ao redor do mundo. "Atravessei quatro tempestades inesperadas. Era noite e uma onda gigantesca invadiu o barco e me jogou ao mar”, relata a garota.

No decorrer da viagem a garota gravou vídeos e depoimentos para seu blog que, 7 anos depois, faz sucesso principalmente junto ao público que tem como hobye os esportes náuticos em geral.

Blog náutico
Resultado de imagem para jessica watson 2017 - blog

Sobre uma das suas recentes experiências ela escreveu na sua página: “visitar apenas algumas semanas após o ciclone tropical Debbie, que bateu em Whitsundays no último mês de março, foi muito gratificante. A comunidade local tem de ser aplaudida, e eu suspeito que o Whitsundays vai se recuperar rapidamente e emergir melhor do que nunca.

Um destaque da minha visita mais recente foi uma linda noite ancorada em Whitehaven Beach. Para mim, foi um lembrete de como lucky boaties são. À medida que a tarde chegava ao fim, os visitantes do dia voltavam para seus barcos. Lentamente a praia e ancoradouro esvaziado, deixando apenas um punhado de iates para desfrutar de um lindo pôr do sol sobre uma das mais belas praias da Austrália.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!