Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

sábado, 28 de janeiro de 2017

Em 2017 o mundo da literatura comemora o meio século do lançamento do livro “Cem anos de Solidão”


Resultado de imagem para 100 anos de solidão

A obra mais famosa do Nobel de Literatura colombiano Gabriel García Márquez (1927- 2014), "Cem anos de solidão", completa 50 anos de sua primeira publicação e contará com uma série de comemorações

A primeira celebração teve início na última quinta-feira (26) com uma leitura coletiva do livro em Cartagena, na Colômbia. Durante o dia de hoje, sábado (28), cerca de 60 pessoas leram, em ciclos de duas horas, trechos do romance.

"A leitura contará com a participação de 20 personalidades que comparecem ao Hay Festival, 20 autoridades de Cartagena, e 20 cidadãos escolhidos após uma convocatória pública dos organizadores", disse Cristina Fuentes, diretora do Hay Festival.

Cartagena foi escolhida como lugar de abertura das comemorações por ser considerada a cidade de García Márquez.

Influência dos avós
Resultado de imagem para 100 anos de solidão

“Cem anos de Solidão” é considerada a obra mais importante escrita em língua hispânica depois de “Dom Quixote”, do espanhol Miguel de Cervantes, um sucesso absoluto com mais de 50 milhões de exemplares vendidos. Um clássico da literatura mundial.

Escritor, jornalista, editor e ativista político, Gabriel García Márquez nasceu no dia 6 de março de 1927, em Aracataca, Colômbia. Com a mudança dos pais para Barranquilla, conviveu intensamente com os avós maternos, que o criaram em sua primeira infância, e de quem recebeu intensa influência.

Do avô, um veterano da Guerra dos Mil Dias, escutou histórias que muito influenciaram suas obras literárias. Estudou Direito e Ciências Políticas na Universidade Nacional da Colômbia, mas não chegou a se graduar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!