Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Longa 'Órfãos do Eldorado' já está disponível em DVD


Resultado de imagem para 'Órfãos do Eldorado' dvd

O filme que teve como base a obra de Milton Haroum que conseguiu conciliar a imensidão da floresta com uma trama intimista acaba de ser lançado em DVD e já está à disposição do público em lojas físicas e via web commerce
Quando foi lançado, Órfãos do Eldorado foi considerado pela crítica como um filme mais de ambientação do que propriamente de uma história a ser acompanhada. Sempre em ritmo lento, o longa aos poucos oferece ao espectador a chance de adentrar no mundo do introspectivo personagem principal, interpretado com competência por Daniel de Oliveira. Através de seu olhar é possível sentir o rancor pelo que aconteceu no passado, jamais posto às claras, em relação ao pai e a Florita (Dira Paes), ex-amante que agora atende aos caprichos sexuais do patriarca.

Os encontros do casal Arminto e Florita são sempre envoltos em sombras, como se o passado nebuloso e pesado estivesse pairando sobre eles. Tal relação apenas é amainada com a chegada do terceiro vértice do trio, interpretado por Mariana Rios, que tem grande importância no desenvolvimento da história. Apesar disto, a participação da atriz é pequena: tirando a canção tecnobrega de sua primeira aparição, ela sequer diz um diálogo em cena. Trata-se muito mais de uma personagem idealizada do que desenvolvida pela narrativa.

Com saltos bruscos no tempo, às vezes com anos separando cenas seguidas, Órfãos do Eldorado é um filme de ritmo pausado que, por mais que chame a atenção pelo bom desempenho dos protagonistas e a proposta de ambientação, enfrenta problemas sérios com o desenrolar da narrativa em sua segunda metade. Destaque para a coletânea de fábulas amazônicas exibidas no decorrer do filme e também o modo como o silêncio é explorado pela direção. Interessante.Vale a pena rever o trabalho na nova versão em DVD.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!