domingo, 13 de novembro de 2016

Será aberta no próximo 17, em SP a Ocupação Abdias Nascimento


Resultado de imagem para abdias nascimento - luta contra o racismoUm homem incansável na luta pela igualdade racial. Assim é definido Abdias Nascimento, um ícone na luta contra o racismo no Brasil que também se destacou nos campos das artes plásticas e da literatura

Tanto fôlego de vida tenha talvez surgido dessa luta, que o fez adentrar nas mais diversas áreas de atividades humanas. A poesia, as artes plásticas, a literatura, o teatro, a pesquisa acadêmica, a política, nenhum desses ofícios foi desprezado por Abdias. Pelo contrário, ele mergulhou em cada um deles com profundidade e maestria pela causa da igualdade.

Nascido em Franca, SP, era filho da doceira Dona Josina e de Seu Bem-Bem, músico e sapateiro. Forma-se em contabilidade pelo Atheneu Francano em 1929. Sua luta contra o racismo iniciou-se na década de 1930, quando se engaja na Frente Negra Brasileira. Organizou, em 1938, o Congresso Afro-Campinheiro. Em 1944, fundou o Teatro Experimental do Negro (TEN), promovendo a inclusão dos artistas negros no teatro brasileiro.

Organizou, em 1950, o 1º Congresso do Negro Brasileiro. Foi exilado durante a ditadura militar, na década de 1960, mas, mesmo fora do país, participa da formação do Partido Democrático Trabalhista (PDT). Em 1978, foi um dos fundadores do Movimento Negro Unificado (MNU). Em 1981, já no Brasil, participa da criação da Secretaria do Movimento Negro do PDT.

Foi o primeiro deputado federal negro a dedicar seu mandato à luta contra o racismo (1983-1987). Como deputado, atuou na desapropriação da Serra da Barriga e na questão das comunidades remanescentes de quilombos. Levou à Câmara Federal o questionamento do 13 de maio e a definição do dia 20 de novembro como o Dia Nacional da Consciência Negra. Também atuou como senador (1961, 1996-1999), função que exerceu com o mesmo propósito. Foi ainda secretário de Defesa e Promoção das Populações Afro-Brasileiras do Estado do Rio de Janeiro, de 1991 a 1994, e primeiro titular da Secretaria Estadual de Cidadania e Direitos Humanos, de 1999 a 2000.

Artista plástico
Resultado de imagem para abdias nascimento

Nas artes plásticas, destaca-se como pintor e escultor. Autodidata, Abdias pinta suas primeiras telas em 1968. Com o pincel nas mãos, ele mergulha nas raízes culturais do mundo africano, explorando e interpretando variadas simbologias do Egito antigo, do candomblé, do vodu haitiano e dos ideogramas adentra da África ocidental.

Na literatura, Abdias tem 20 livros publicados, entre ensaios, pesquisas e peças teatrais. Organizou ainda revistas, antologias e coletâneas que registram a sua atuação cívica e cultural. Entre suas principais obras estão a peça Sortilégios e os livros Dramas para Negros e Prólogos para Brancos e O Negro Revolta.
Mostra em SP
Resultado de imagem para abdias nascimento

A partir de 17 de novembro, a exposição Ocupação Abdias Nascimento, que mostra toda a trajetória do intelectual negro, fundamental para a história de combate ao racismo no Brasil, estará no Itaú Cultural, na capital paulista. Ele foi escritor, artista visual, teatrólogo, político e poeta, além de um dos maiores ativistas dos direitos civis e humanos das populações negras.

A exposição resgata momentos de sua história, sua participação em grupos artísticos como a Santa Hermandad Orquídea, o Teatro do Sentenciado, o Teatro Experimental do Negro e o Museu de Arte Negra, além de grupos de articulação política, social e de pesquisa, como a Convenção Nacional do Negro, o Memorial Zumbi e o Instituto de Pesquisas e Estudos Afro-Brasileiros (Ipeafro). Estarão também representados seus mandatos como deputado e senador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!