terça-feira, 15 de novembro de 2016

‘Roque Santeiro’, única novela a atingir 98 pontos de audiência, vai ganhar uma versão para o teatro


Resultado de imagem para roque santeiro - versão musical

A história do milagreiro que de santo não tinha nada, da histriônica viúva que foi sem nunca ter sido e do coronel que mandava e desmandava nos moradores da fictícia Asa Branca chega aos palcos em forma de musical

Para a versão musical de “Roque Santeiro”, que estreia em janeiro na Faap, Zeca Baleiro, diretor musical da montagem, diz que haverá “brasilidades e brejeirices” na trilha sonora. “Tem um toque levemente marcial, um tom ‘militar’. Mas tem bolero, tango, baião, valsa”, conta à coluna.

A produção se baseou numa versão musical do próprio Dias Gomes, autor do folhetim, feita logo após a exibição da novela da Globo (1985-86), mas nunca encenada. “Estou compondo uma trilha original, mas há músicas muito marcantes da novela que vamos querer usar. Estamos decidindo quais”, afirma Baleiro, que ainda musicou letras escritas por Dias para a peça.

O elenco do espetáculo, que terá direção de Debora Dubois, está definido:

· Jarbas Homem de Mello (no papel de Chico Malta)

· Livia Camargo (Viúva Porcina)

· Flavio Tolezani (Roque Santeiro)

· Mel Lisboa (Mocinha)

· Edson Montenegro (Padre Hipólito)

· Dagoberto Feliz (Prefeito)

· Luciana Carnieli (Matilde)

· Nábia Vilela (Dona Pombinha)

· Marco França (Toninho Jiló)

· Samuel de Assis (Zé das Medalhas)

· Giselle Lima (Ninon)

· Yael Pecarovich (Rosaly)

· Cristiano Tomiossi (General)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!