domingo, 20 de novembro de 2016

O Dia da Consciência Negra e sua representatividade contra uma das maiores demonstrações de irracionalidade da raça humana


Resultado de imagem para dia da consciência negra frases

No Google, é possível encontrar milhares de frases com mensagens sobre uma das maiores manchas de sociedade contemporânea e, para ilustrar essa matéria, escolhi uma de Martin Luther King: “Eu tenho um sonho, que os negros e os brancos andassem em irmandade e sentassem-se na mesma mesa em paz”

O Dia da Consciência Negra é uma data celebrada no Brasil no dia 20 de Novembro. Este dia está incluído na semana da Consciência Negra e tem como objetivo um reflexão sobre a introdução dos negros na sociedade brasileira.

O dia 20 de Novembro foi escolhido como uma homenagem a Zumbi dos Palmares, data na qual morreu, lutando pela liberdade do seu povo no Brasil, em 1695. Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, foi um personagem que dedicou a sua vida lutando contra a escravatura no período do Brasil Colonial, onde os escravos começaram a ser introduzidos por volta de 1594. Um quilombo é uma região que tinha como função lutar contra as doutrinas escravistas e também de conservar elementos da cultura africana no Brasil.

Em 2003, no dia 9 de Janeiro, a lei 10.639 incluiu o Dia Nacional da Consciência Negra no calendário escolar. A mesma lei torna obrigatório o ensino sobre diversas áreas da História e cultura Afro-Brasileira. São abordados temas como a luta dos negros no Brasil, cultura negra brasileira, o negro na sociedade nacional, inserção do negro no mercado de trabalho, discriminação, identificação de etnias etc.

Black Week – Salvador BA
Resultado de imagem para dia da consciência negra salvador 2016


A capital mais negra do país, onde 83% da população se declararam negra ou parda no último Censo, promoverá de segunda (21) a quarta-feira (23), na Aliança Francesa, em Salvador, a Black Week, Alfaiates e a Moda. O objetivo é revelar profissionais da moda negra, por meio do fomento ao empreendedorismo étnico, dando visibilidade aos seus serviços e produtos.

A cerimônia de abertura ocorre às 18h30, no Teatro Moliere, com oficina de bijuterias e acessórios, pela designer Fátima Dantas, e desfile moda praia, do estilista Marcelo Moura. Os modelos são jovens negros de bairros da capital baiana, como Cosme de Farias, Piedade, Pernambués, Periperi e Liberdade.

A programação conta, ainda, com exposição e feira. Já na terça-feira (22), sempre no mesmo horário, serão promovidas oficinas de torsos e cabelos afro, respectivamente, por Dandara Tolegí e Pretinha do Curuzu. O encerramento da Black Week será marcado pelo desfile de moda candomblé e alta modelagem, pela equede Conceição Aflitos e beneficiários da ACFBA.

Afro Fashion Day

A segunda edição do Afro Fashion Day, evento gratuito, começará no sábado (19), das 9 às 15 horas, com o Senac Casa Afro Fashion, no Senac Rua Chile, e continua no domingo (20), com a Food Stock especial AFD, das 11 horas às 20 horas, na Praça da Sé, centro de Salvador.

O ponto alto será ao pôr do sol com um desfile coletivo na Cruz Caída, com 60 modelos e 10 convidados negros como protagonistas, desfilando a moda criada por 45 marcas baianas. A cantora Larissa Luz será a mestre de cerimônia.

Outro destaque da programação é a exposição Visu no Pelô, com oito imagens de pessoas estilosas que circulam pelas ruas do Centro Histórico. A mostra ficará na entrada da Cruz Caída, dando boas-vindas ao público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!