domingo, 23 de outubro de 2016

‘Belos Sonhos’, evento que terá mais de 300 filmes, encanta o público na Mostra SP 2016


Resultado de imagem para belos sonhos    mostra em   sp


A primeira exibição do italiano Belos Sonhos, baseada no best seller autobiográfico “Fai Bei Sogni”, do jornalista Massimo Gramellini no Brasil, aconteceu na noite da última quarta-feira, 19, durante a abertura da Mostra SP, que comemora 40 anos da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo 

Dirigido por Marco Bellocchio, o título mexeu com as emoções dos convidados, que lotaram o Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer. Os discursos continuam mais longos do que o desejado, mas um ponto em comum foi destacado por mais de um que subiu ao palco para falar: o carinho que a organização tem pelo evento, pelos filmes e espectadores.

A diretora da Mostra Renata de Almeida citou o momento pelo qual passa o País e agradeceu muito a confiança dos patrocinadores. “Chegamos a duvidar que conseguiríamos apresentar uma mostra a altura dos seus 40 anos”, disse ela, complementando que estavam muito satisfeitos com resultado obtido.

Tema: a morte

Belos Sonhos foi baseado no best seller autobiográfico “Fai Bei Sogni”, do jornalista Massimo Gramellini, e trata de um tema caro: a morte. Sob a ótica de um menino que não aceitava o falecimento da mãe e, mesmo já adulto, parecia ter morrido junto com ela, a narrativa faz uso de idas e vindas no tempo para situar o espectador em momentos antes e posteriores ao fato para, aos poucos, provocar e fazer revelações.

Com boa reconstituição de época, bela fotografia do premiado parceiro Daniele Ciprì, boa música original do também parceiro Carlo Crivelli e ainda o auxílio luxuoso de Deep Purple, com “Highway Star”, entre outras canções conhecidas, o título ganharia mais ritmo se fosse mais curto. Destaque também para algumas citações cinematográficas, como o Nosferatu, de Murnau, e uma clássica cena de Hitchcock. O elenco conta com o pequeno (e forte) Nicolò Cabras (acima), Valerio Mastandrea, Bérénice Bejo, Guido Caprino, Barbara Ronchi e Emmanuelle Devos.

Serviço:

DATAS/HORAS/LOCAIS

23/10 – CineSesc – 17:00
24/10 – Espaço Itaú de Cinema – Augusta 1 – 22:00
27/10 – Espaço Itaú de Cinema – Frei Caneca 3 – 19:15
30/10 – Cine Caixa Belas Artes – Sala 1 Vila Lobos – 21:15

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!