quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Luiz Fernando Veríssimo | Um dos mais respeitados autores do país comemora os 80 anos com “Veríssimas”


Resultado de imagem para verissimas 80 anos

Chegando aos 80 anos de vida, Veríssimo acumula uma extensa obra, composta por romances, crônicas, textos de ficção e jornalísticos, sempre com a marca do humor e irreverência

Apesar de ser considerado uma pessoa introvertida, de pouca conversa – ele teve passagem pela TV criando quadros para o programa "Planeta dos Homens", na Rede Globo, e fazendo adaptações para a série "Comédias da Vida Privada", baseada em livro homônimo de sua autoria.

O publicitário e jornalista Marcelo Dunlop tinha apenas dez anos quando descobriu, lendo um texto de Luis Fernando Veríssimo, que até a morte podia ser engraçada. Deslumbrado com o achado e às gargalhadas, o menino recortou a crônica do jornal e passou a fazer o mesmo com várias outras. Duas décadas depois, eis aqui o resultado da empreitada: uma seleção de pérolas garimpadas em toda a obra do escritor.

Salpicada de cartuns raros recolhidos no baú do autor, esta coletânea traz cerca de oitocentos verbetes — ou Verissimas — em ordem alfabética. Conduzido e instigado por esse alfabeto particular, o leitor seguirá se divertindo de A a Z com as comparações, máximas, mínimas e metáforas do mestre do humor sintético.

Trajetória

Cronista, cartunista, ficcionista, saxofonista e torcedor fanático do Internacional, Veríssimo é autor de quase 60 livros, que já venderam cinco milhões de exemplares (entre eles, os best-sellers “O Analista de Bagé” e “A Comédia da Vida Privada”).

Filho do também autor Érico Veríssimo, ele só começou a escrever aos 32 anos, depois de ter passado por várias escolas de arte e desenho, inacabadas; de ter tentado o comércio “só para reforçar o mau jeito da família”; e de ter passado por uma rápida carreira jornalística, de revisor e colunista de jazz a cronista principal do jornal gaúcho Zero Hora.

Apesar de ser um dos autores mais lidos e admirados do país, Veríssimo ainda não se considera capaz de escrever uma “literatura com L”, como costuma dizer. “Esse tipo de literatura depende de uma ambição, de uma necessidade de escrever, e isso eu nunca tive. Quando comecei, tinha apenas a necessidade de ter uma carreira”. Para ele, “melhor que escrever, é ter escrito”.

SERVIÇO:

título: VERISSIMAS
isbn: 9788547000196
idioma: Português
encadernação: Brochura
formato: 15,7 x 23
páginas: 208
ano de edição: 2016
ano copyright: 2016
edição: 1ª


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!