domingo, 11 de setembro de 2016

Imagens de 1900 retratam mulheres da época e o conceito de beleza no início daquele século


Resultado de imagem para conceito de beleza no seculo xix


Fotos das mulheres no início do século XX foram publicadas por um usuário do Flickr para mostrar como a padronização influenciou o conceito do que é belo

Com os avanços da globalização e da comunicação de massa, como a televisão, a beleza acabou virando algo padrão. O que outrora era considerado bonito nas Filipinas, há 50 ou 80 anos, por exemplo, passou a ser visto como feio ao redor do mundo, acabando, assim, com diferenças culturais essenciais a povos de diferentes nações, informa a Revista Galileu.

Para mostrar esta padronização da beleza e a decadência de uma identidade nacional, um usuário do Flickr decidiu publicar cartões postais dos anos 1900, em que figuravam belas mulheres da época.

Beleza em meados do século XIX

Retratada nas pinturas renascentistas, a mulher exibia suas curvas naturais (e seria considerada gorda pelos padrões de hoje) que começaram a ser apertadas em espartilhos na era vitoriana. Costelas chegavam até a ser quebradas, para mostrar cinturinhas com inacreditáveis 30 centímetros, colocando em evidência o busto e a curva dos quadris. Este período, que se estende até a metade do século XIX, é considerado a fase inaugural da moda, momento em que revela seus traços sociais e estéticos mais característicos: a renovação das formas, o prazer em ornamentar-se e mostrar-se à sociedade e a diferenciação social, acima de tudo.

No inicio do século XX é que a silhueta solta dos vestidos “melindrosa” começou a libertar um pouco a mulher da ditadura dos corpos drasticamente apertados. Contudo, as cintas elásticas apareceram para manter o abdômen liso e plano.

Só na fase de ouro de Hollywood as formas femininas começaram a ser admiradas por sua beleza natural novamente, sem amarras. E as divas do cinema passaram a ser os ícones da beleza no período. Marilyn Monroe era o modelo de beleza feminina.

E hoje em dia?


Como a moda caminha de forma oposta à lógica da tradição, ou seja, há uma relativa depreciação do passado e a novidade é vista como algo superior, contrariando a tradição, o culto às novidades, assim como a imitação dos modelos estrangeiros, podem surgir muitos comportamentos inovadores em relação à beleza ainda neste século. Há que haver um relativo abandono das normas coletivas que valorizam o consumo de massa, dando lugar à diferenciação e à originalidade humana.

Uma moda mais democrática e individualista, como a que se delineia neste inicio de século também se torna elemento chave e pode fazer com que essa individualidade passe a ser desejada pelas massas.

Resultado de imagem para conceito de beleza no seculo xxi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!