Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

São Paulo recebe hoje, 10, o concerto único do tenor Jonas Kaufmann



O público paulista vai ser brindado com a presença do celebrado tenor Jonas Kaufmann, que estreia em palcos brasileiros em um único concerto especial, hoje,10 de agosto, na Sala São Paulo

O tenor ganhou fama internacional em 2006 ao se apresentar em La Traviata no Metropolitan Opera de Nova York e desde então passou a figurar entre os principais astros do cenário artístico operístico. “Kaufmann é a sensação do canto lírico, considerado um novo Pavarotti, o maior tenor da atualidade. Ficamos muito felizes em poder celebrar nossos 35 anos de atividades com ele”, afirma Sabine Lovatelli.

A caracterização intensa de Kaufmann como Don José em Carmen arrebatou fãs de todo o mundo. O músico busca retratar personagens atormentados e confere surpreendente verossimilhança às suas reflexões e emoções – sua carreira reúne várias performances icônicas do gênero. Em setembro lançou o álbum Nessum Dorma e apresentou algumas árias no Last Night of the Proms, o que rendeu muitas críticas positivas. A revista Opera News já declarou que “sua intensidade e elegância(...) fazem dele um sinônimo de astro da ópera do século XXI”. Helmut Deutsch o acompanha ao piano – juntos realizaram o primeiro recital solo no Metropolitan em 2011 desde a apresentação de Pavarotti em 1994.

Trajetória de Jonas Kaufmann
Eleito “novo rei dos tenores” pela imprensa internacional, é celebrado por especialistas como o mais importante tenor alemão desde Fritz Wunderlich.

Jonas Kaufmann é natural de Munique, onde concluiu sua formação vocal na Academia de Música, tendo complementado os estudos em masterclasses com Hans Hotter, James King e Josef Metternich. Durante os primeiros anos nos palcos do Teatro Estatal de Saarbrücken, deu prosseguimento aos estudos com Michael Rhodes em Trier.

Kaufmann é tão solicitado internacionalmente para os repertórios italiano e francês, como o é para a ópera alemã. Cantou o Werther de Massenet em Paris e Viena, Cavaradossi na Tosca de Puccini em Londres, no Met e no La Scala. Suas caracterizações intensas de Don José na Carmen de Bizet e de Werther na ópera de Massenet, arrebataram fãs de ópera do mundo todo. Kaufmann adora retratar personagens atormentados, em cujo universo mergulha, conferindo surpreendente verossimilhança às suas reflexões e emoções.

Além das qualidades vocais e musicais, é sua completa identificação com os personagens que faz com que Kaufmann seja recebido com tamanho entusiasmo pela imprensa e pelo público. Foi assim em sua estreia como Siegmund em A Valquíria, no Metropolitan Opera de Nova York (Met), na primavera de 2011.

Serviço:

Quando: 10 de agosto
Horário: 21h
Local: Sala São Paulo (São Paulo, SP)
Praça Júlio Prestes, 16

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!