Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Festival de Gramado 2016 | Elis, de Hugo Prata, e O Roubo da Taça, de Caíto Ortiz foram os mais aguardados


Resultado de imagem para festival de gramado 2016 44º kikito

Foi encerrado ontem, 28, o Festival de Gramado 2016, onde o filme sobre Elis Regina foi considerado uma biografia abaixo da média e 'O Roubo da Taça' acertou no humor



A primeira noite de mostra competitiva no 44º Festival de Cinema de Gramado trouxe dois dos concorrentes mais aguardados desta edição: Elis, de Hugo Prata, e O Roubo da Taça, de Caíto Ortiz.

Biografia light


O projeto Elis era aguardado há bastante tempo, e de acordo com o diretor, foi concluído poucos dias antes de sua primeira exibição pública em Gramado. O filme proporciona um panorama amplo da carreira de Elis Regina, desde a adolescência até a morte.

A atriz Andreia Horta faz um esforço notável para captar os gestos e expressões da cantora, enquanto Júlio Andrade e Caco Ciocler têm boas interpretações, mas o resultado é comprometido pelo fraco roteiro, que cita vários episódios da vida de Elis sem desenvolvê-los, e pela tendência do diretor à estética televisiva, com muitos closes e trilha sonora exaltando o melodrama.

Aspectos importantíssimos da vida da cantora, como o uso de drogas e a relação com a ditadura militar, foram abrandados para evitar polêmica. Mesmo assim, o público aplaudiu bastante ao fim da projeção. O filme tem entrada em circuito nacional prevista para 24 de novembro.

Feios, sujos e malvados


Embora Elis tenha decepcionado, a boa surpresa ficou por conta da comédia O Roubo da Taça. Aproveitando o crime rocambolesco de 1983, quando dois ladrões inexperientes conseguiram roubar a taça Jules Rimet, o diretor Caíto Ortiz fez um divertido retrato da malandragem carioca, sem heróis nem vilões.

O filme é ajudado por uma atuação excelente de Paulo Tiefenthaler - desde já, sério candidato ao Kikito de melhor ator - e pela bela direção de fotografia. Uma comédia popular de alto nível, com boas chances de captar a atenção do público em sua estreia comercial.


"O silêncio do Céu"


Atriz Carolina Dieckman compareceu ao evento para lançar o drama O silêncio do céu, a atriz interpreta Diana, uma mulher que sofre um estupro dentro de casa e resolve esconder do marido (Leonardo Sbaraglia). Porém, ele também tem seus segredos.

Rodado no Uruguai, o filme é falado em espanhol. O drama integra a mostra competitiva do 44º Festival de Cinema de Gramado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!