Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

As vinhetas e os lançamentos das maiores distribuidoras de filmes do mundo



As distribuidoras de filmes sempre tiveram suas aberturas clássicas, mas duas delas marcaram época no cinema: o leão da Metro rugindo assustadoramente e o pássaro estilizado da Condor com seu voo meio que desengonçado

Era bastante comum a comparação “parece o leão da Metro rugindo” para se referir a uma pessoa zangada, que estava reclamando de algo. Há ainda a história sobre a vinheta da Condor Filmes, a distribuidora que primava pelos filmes de segunda linha ou algum faroeste espaguete. A abertura mostrava o voo de um condor e era de praxe que a plateia, formada por uma molecada, começasse a fazer barulho de “Xô!” ou a vaiar para espantar a ave, o que era seguido de gargalhadas, pois obviamente o bicho “obedecia”.

Com aberturas menos famosas, as várias distribuidoras foram responsáveis por clássicos da sétima arte e outros não tão bons assim. Relembremos alguns filmes e as empresas responsáveis pelo lançamento.

Twentieth Century-Fox


A Fox é uma corporação poderosa tanto do cinema quanto da TV. Criada em 1935, o estúdio sempre foi símbolo das melhores e mais revolucionárias produções. Lançou os filmes mais famosos de Marilyn Monroe e revolucionou a indústria com blockbusters como Star Wars, X-Men, Titanic e Avatar, além dos sucessos da TV The Simpsons, Planeta dos Macacos e Arquivo X . A introdução da Fox e sua fanfarra são praticamente marcas registradas do próprio cinema.

Universal Pictures


Durante muito tempo a Universal era marca registrada de filmes de terror com monstros como Frankenstein, Múmias e vampiros protagonizados por Boris Karloff e Bela Lugosi. Isso foi na década de 1930. Anos depois o estúdio lançou muitas produções boas e outras de gosto duvidoso, mas todas alcançando sucesso que vão desde E.T., De Volta para o Futuro, O Exterminador do Futuro e Jurassic Park até Xanadu, O Brinquedo Assassino, American Pie e Velozes e Furiosos. Há para todos os gostos. No campo da TV, a vinheta marca a abertura de desenhos do Pica-Pau e é uma das vinhetas mais frequentes nas telinhas e telonas.

Metro Goldwyn Mayer


A MGM foi responsável por grandes clássicos em technicolor como O Mágico de Oz, …E o Vento Levou, popularizando estrelas como Greta Garbo, Vivien Leigh, Joan Crawford e Judy Garland, sempre sob o comando do chefãoLouis B. Mayer.

O leão foi uma ideia tirada por um publicitário em 1924, da universidade onde estudou e onde havia um time de atletas chamado “The Lions”. Desde então, muitos foram os leões que assumiram o papel de “Leo, o leão” na vinheta do estúdio e que o exibia envolto por um selo com o slogan em latim “Ars Gratia Artis” (Arte pela Arte). Como som, apenas um poderoso rugido. Entre os felinos famosos estavam Slats, Jackie, Tanner e Leo (o leão eternizado desde 1957 até hoje).

Paramount Pictures


A Paramount assina grandes produções desde 1912 quando ainda apresentava os cartuns de Betty Boop e Popeye ao público. De lá pra cá, vieram Guerra dos Mundos (as duas versões), Os Embalos de Sábado a Noite, Grease, Flashdance, Coração Valente, O Bebê de Rosemary, Ghost, Indiana Jones, Forrest Gump, Sexta-feira 13 e Transformers entre outros, fizeram do estúdio um dos maiores criadores de sucessos.

Sua vinheta não possui música ou som e quando acontece é o som do próprio filme em off se iniciando. O logo, chamado de “majestic mountain“, exibia 24 estrelas que representavam os 24 astros contratados pelo estúdio na época de sua criação. Hoje são 22 estrelas e parece não estar mais atrelado ao número de grandes atores contratados. A montanha no primeiro logo era baseada na montanha Ben Lomond que fica em Utah, nos Estados Unidos.

Columbia Pictures


Quem assistiu Contatos Imediatos do Terceiro Grau, A Lagoa Azul, Os Caça-Fantasmas, Homens de Preto, Homem Aranha, As Panteras (o filme), Código Da Vinci, Casino Royale (parceria com MGM) ou 2012,provavelmente viu a vinheta da Columbia abrindo o filme.

A famosa “Dama da Columbia” que lembra a Estátua da Liberdade, existe desde 1924 e houve uma época em que várias modelos se intitulavam ser a modelo da Dama da Columbia. Mas, em 1993 a versão mais atual foi criada tendo como modelo a dona de casa Jenny Joseph, cujo rosto sofreu algumas mudanças em computação gráfica pelo artista responsável Michael J. Deas.

Warner Bros


No seu início, a Warner ficou marcada por ter lançado o primeiro filme falado. Foi The Jazz Singer com Al Johnson, o que causou grande sensação na época.

Com o passar dos anos o estúdio se especializou em filmes de gangsters e naqueles produzidos para sua maior estrela: Bette Davis. Nos anos 30 surgiram os primeiros desenhos da Warner, Looney Tunes e Merrie Melodies. Aos poucos, personagens como Pernalonga (Bugs Bunny), Patolino (Daffy Duck), Frajola (Sylvester) e Piu-Piu (Tweety) acabaram se tornando símbolos da empresa.

No período de plena guerra, foram produzidos diversos filmes neste ambiente negro da história, entre eles Casablanca cujo famoso tema “As Time Goes By” serve de trilha para a vinheta atual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!