quinta-feira, 14 de julho de 2016

Você continuaria a embarcar em navios após se envolver em três naufrágios, entre eles o Titanic?





A enfermeira argentina Violet Jessop pode ser considerada uma mulher de muita sorte, já que sobreviveu a três grandes desastres marítimos, aí incluída a tragédia do famoso e inesquecível "RMS Titanic”


Violet nasceu em Buenos Aires, em 1887 e, após a morte de seu pai, foi com a família morar na Inglaterra. Logo ela começou a trabalhar de camareira em uma companhia marítima e em uma de suas viagens a bordo do RMS Olympic, no dia 20 de setembro de 1911, levou um susto e tanto: sua embarcação bateu contra o navio de guerra HMS Hawke. Por sorte, todos saíram são e salvos do incidente.

A empresa responsável pelo navio e que empregava Violet era a companhia inglesa White Star Line que, seis meses depois do incidente, inauguraria o famoso e inesquecível "RMS Titanic” – aquele mesmo do Leonardo DiCaprio –, também chamado de "o navio dos sonhos". Assim, em 14 de abril de 1912, Violet presenciou o gigantesco navio se chocar com o iceberg mais famoso da história.

Ela conseguiu se abrigar em um dos botes salva-vidas – se você viu o filme, vai se lembrar da ordem "mulheres e crianças primeiro" –, e, no momento em que o bote 16 estava baixando, Janet ainda acolheu um bebê que foi salvo pelos oficiais e cuidou do pequeno até o momento do resgate. Das mais de 2 mil pessoas a bordo, apenas 700 se salvaram.
Missão pela Cruz Vermelha

É bem possível que uma pessoa normal tivesse desistido de toda essa história de navio depois desses dois acidentes traumáticos, mas Violet não! Em 1916, durante a Primeira Guerra Mundial, ela embarcou a bordo do "HMHS Britannic", irmão dos dois navios anteriores. Dessa vez, Janet iria servir à Cruz Vermelha, atuando como enfermeira.

No dia 21 de novembro, o transatlântico enfrentou a explosão de uma mina submarina que causou graves danos ao navio. Novamente, Janet conseguiu se salvar em um bote e avistou outra embarcação afundando. Segundo a própria Janet, ela se assegurou de carregar a sua escova de dentes durante a tragédia, já que havia sentido muita falta dela depois do naufrágio do Titanic.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!