Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Coletânea do escritor e jornalista José Castello reúne novos talentos da literatura



“Contágios” é o nome do livro que reúne uma coletânea com 25 novos contistas brasileiros será lançada no próximo dia 28 de julho, às 19 horas, na sede da Editora Oito e Meio, no Rio de Janeiro

O livro é organizado e apresentado pelo escritor, jornalista e crítico literário José Castello e tem como título Contágios. São 25 autores de diferentes regiões do país, estilos e temáticas. 
Eles fizeram parte das edições de 2013 e 2015 do Estúdio do Conto, curso promovido pela Estação das Letras (Rio de Janeiro), cuja diretora, Suzana Vargas, assina a orelha da obra.

“A literatura – a arte – exige um longo e paciente debruçar-se sobre si. Uma chegada a si – ou nada de realmente particular e criativo se faz. A ficção é o terreno da singularidade e do Um. Esta é a busca obsessiva a que cada participante do Estúdio do Conto deve se entregar: a perseguição de si mesmo. De tudo aquilo que sua escrita possa vir a ter de pessoal e de inconfundível. De não domesticável. De não padronizável. De intransferível”, afirma José Castello, na apresentação.

Sobre a sua visão da moderna literatura, José Castelo declarou em recente artigo: “Uma ideia, de imediato, se destaca: a do "contágio". Sim, não nos aproximamos verdadeiramente de um livro por "aplicação", mas por "contágio", defende Tolstói. "Nessa capacidade das pessoas de se contagiar com sentimentos de outras pessoas se fundamenta a ação da arte". A literatura "bem feita" _ como um terno bem cortado _ pode preencher nossas expectativas de correção, de elegância e até de vida impecável. Mas simplesmente não arrebata _ isto é, não nos arrasta. Arrebatar é nos arrancar com violência de uma certa estagnação. O mundo contemporâneo _ veloz, agitado, hiper ativo _ tende, porém, à estagnação e ao marasmo. Precisamos da arte (da literatura) para acordar.”

Destaque baiano


Um dos autores é o baiano Marcelo Torres, natural Sátiro Dias, região de Alagoinhas. Marcelo mora em Brasília, é graduado em Comunicação Social (Jornalismo) pela Universidade Federal da Bahia, possui pós-graduação em Jornalismo Literário; publicou o livro "O bê-á-bá de Brasília - dicionário de coisas e palavras da capital federal". Foi assessor de comunicação no Banco do Brasil, editor da revista corporativa "bbcomvocê" e coordenou equipe de comunicação na Presidência da República, em Brasília, onde trabalhou por dez anos. Foi 3º colocado no Prêmio Petrobras de Comunicação (categoria Universitários) em 1999 e 2º lugar no Prêmio Nacional de Novelas Históricas, da Fundação Cultural da Bahia, com a obra "Aos pés do caboclo" (inédita).

Os contos e autores que compõem Contágios (na ordem em que aparecem na obra) são:

Entre Lobos – Pedro Silva

Irmandade – Renata Frade

Paisagens Humanas – Silvia Gerschman

Lindinalva, Coração de Amora – Adriana Vieira

Consumação – Maria Emilia Algebaile

Entre eles uma Porta – Antonio de Medeiros

A Notícia – Hugo Pascottini Pernet

A Caixa – Eliane França

A Geringonça – Daniel Estill

A Menina da Rua da Palha – Jairo Carmo

Palavras Não Ditas – Jerusa Nina

As Pedras – Marcelo Torres

O Intruso – Clóvis Saint-Clair

Estrangeiro – Luis Mangi

Morgue – Tiago Franco

O Inverno que não Acabou – Adriano de Andrade

Cicatriz – Laura Chaloub

Buda – Marcia Lahtermaher

Liberdade – Marlene Carvalho

Chapéu dos Pescadores – Rafaella Ranauro

[o jardim suspenso] - Robson Aguiar

O Dia da Faxina – Jozias Benedicto

Marissol – Jessé Castilho

Souladinhoo – Creusa de Carvalho

Na Matilha – Marcus Tullius Sparapani Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!