quarta-feira, 15 de junho de 2016

Um dos mais tradicionais da Bahia, o São João de Cachoeira, terá Licódromo e Vila Gastronômica



O São João de Cachoeira, na Bahia, está confirmado para 2016. As festividades vão acontecer de 11 a 26 de junho e uma das principais novidades será no quesito gastronomia

A festa junina de Cachoeira, também conhecida como Feira do Porto, é considerada uma das melhores e mais tradicionais da região, e como atrai diversos turistas.

A programação do evento conta com shows musicais, trios de forró pé de serra e o tradicional concurso de quadrilhas. Nos seus áureos tempos, a Feira do Porto tinha como atração principal e presença obrigatória, ninguém menos que Luiz Gonzaga, mas em 2016, uma das ‘atrações’ confirmadas é o cantor arrocheiro Tayrone, que nada tem a ver com forró e muito menos com as tradições da heróica Cachoeira.

Licódromo

Duas novidades de 2016 são o Licódromo e a Vila Gastronômica durante o São João de Cachoeira. O primeiro espaço será dedicado a comercialização de licores, tradicionais na cidade, e também irá contar com simulações do processo de fabricação para que o público possa acompanhar detalhes do processo.

Na Vila Gastronômica serão vendidas comidas típicas juninas e pratos da região, incluindo beiju, pamonha, canjica e maniçoba. O diferencial é que os ingredientes das preparações vão vir da agricultura familiar do entorno, o que vai tornar os produtos mais saudáveis, movimentar a economia e ainda valorizar o social. Toda a programação será gratuita.

Licor especial


A Cachoeira da internacionalmente celebrada Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte, das tradições de luta e do seu belo casario, também produz um dos melhores licores do Nordeste. O nome mais exaltado na fabricação da famosa bebida junina é o de Roque Ferreira Pinto, uma tradição de décadas, como um segredo de família.

Produzido com frutas tropicais selecionadas, o Licor de Roque Pinto conta com uma receita tradicional passada de geração em geração que preserva há décadas o sabor e os modos de produção mantidos por filhos e netos da mesma família. Conhecido por grupos de visitantes de todo o mundo, o licor é consumido nas festas juninas, mas também é uma tradicional lembrança da cidade, que os visitantes levam para brindar e presentear os amigos.



Com fabricação caseira ao longo de todo o ano, seja no período do São João, na Festa da Boa Morte ou na Festa D’Ajuda, o licor se revela uma excelente opção para acompanhar a diversão com mais de vinte sabores variados para você escolher: Banana, Chocolate, Caju, Tangerina, Café, Amendoim, Ameixa, Chocolate com Pimenta, Cajá, Gengibre, Hortelã, Jenipapo, Limão, Milho verde, Maracujá, Maracujá Cremoso, Passas, Pimenta, Tamarindo, Graviola, Cupuaçu, Rabo de Foguete, Leite de Bode e o exclusivo sabor Jabuticaba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!