segunda-feira, 6 de junho de 2016

"Stranger to Stranger" é novo álbum de Paulo Simon, depois de cinco anos sem produzir novos discos



Mostrando que o talento e a capacidade criativa não envelheceram, Paul Simon apresenta o seu novo disco "Stranger to Stranger" e tem previsão de turnê europeia em outubro e novembro


Paulo Simon passou os últimos cinco anos dedicando-se de forma meticulosa na elaboração de seu novo álbum 'Stranger to Stranger', lançado em 3 de junho, nos EUA, sabendo que ele teria que criar algo extraordinário, se a intenção era provar que ele poderia fazer o melhor trabalho da sua carreira "Há um monte de preconceitos [sobre o meu novo trabalho], porque eu tenho sido conhecido do público por 50 anos", diz ele. "Eles vão com parar com Graceland?, ‘ Me and Julio Down By The Schoolyar, Simon e Garfunkel, The Capeman. 

Para levar as pessoas a ouvirem com os ouvidos abertos, você tem que realmente fazer algo que é interessante porque as pessoas são preparadas para não ser interessante. " O resultado final é 'Stranger to Stranger', um pesado álbum experimental em eco e ritmo que funde batidas eletrônicas com instrumentos africanos sopros, tambores peruanos, um quarteto de música gospel, chifres e sintetizadores. "Eu sempre me propus a fazer com que cada novo álbum seja diferente do último", diz ele. "É só a minha inclinação natural."

O anúncio do novo álbum foi feito na última sexta-feira e Stranger to Stranger é o 12º álbum de estúdio do músico, apresentado como um cruzamento de experimentações musicais em torno de músicas do mundo, do jazz à folk. Um disco bastante aguardado, uma vez que o anterior, So Beautiful or So What, data já de 2011. Simon iniciará no outono uma digressão europeia com cerca de 20 datas, anunciou a sua produtora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!