quinta-feira, 12 de maio de 2016

Queen: A Night in Bohemia | O documentário que mostra a jornada do quarteto, do surgimento à maturidade



A longa caminhada desde a criação do Queen, em 1970, até o estouro com o ópera-rock mais popular de todos os tempos foi árdua e essa saga que está sendo mostrada no documentário “Queen: A Night in Bohemia” que foi durante essa semana em várias cidades brasileiras

Ao todo, 20 telas do circuito vão exibir o filme-concerto Queen: A Night in Bohemia, que retrata a banda formada por Freddie Mercury, Brian May, John Deacon e Roger Taylor em um dos grandes momentos do grupo britânico, quando a banda desfrutava do sucesso massivo por conta do lançamento do álbum definidor "A Night at the Opera", em 1975.

Além da parte documental, o longa-metragem conta com a antológica performance do grupo na véspera de Natal de 1975, no Hammersmith Odeon, quando os músicos executaram a clássica canção "Bohemian Rhapsody" ao vivo pela primeira vez.

Queen: A Night in Bohemia foi exibido nos dias 5 e 10 de maio, nas cidades de Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Campinas, Curitiba, Florianópolis, Goiânia, Lages, Mogi das Cruzes, Niterói, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Santos, São Caetano, São José dos Campos, São Paulo, Varginha, Vila Velha e Vitória.
Carreira de sucesso

O início dessa construção da banda até se tornar uma das mais grandiosas do mundo, com históricas passagens pelo Brasil, inclusive, é alvo da pesquisa do documentarista e comediante Rhys Thomas, inglês fã do Queen desde a infância.

O documentário foi exibido no Brasil em sessões nas redes de cinema UCI e Cinemark e nele é possível perceber a jornada do quarteto, dos primeiros discos, Queen (1973), Queen II (1974) e Sheer Heart Attack (1974), até o amadurecimento e o encontro de elementos da fusão do rock progressivo, a linhas inspiradas da guitarra de May, as vozes cruzadas de May, Taylor e Mercury, além do carisma dos mais embasbacantes do frontman.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!