terça-feira, 31 de maio de 2016

Nudismo ou naturismo? A denominação não tem importância e sim o modo de vida em harmonia com a natureza



Na Europa é absolutamente comum ver famílias inteiras nuas nas praias, mas no Brasil a questão ainda gera discussão e até certa curiosidade entre as pessoas que desconhecem o naturismo

Uma questão de cultura. Nas praias do País, o que se vê é um desfile de alguns dos menores biquínis do mundo, mas quando o assunto é nudez, pelo menos, para a maioria da população, ainda rola um grande tabu por aqui.

Fundada em 1953, a International Naturist Federation (Federação Internacional de Naturismo, em português) deixa claro que o naturismo é "um modo de vida em harmonia com a natureza, caracterizado pela prática da nudez coletiva, com a intenção de encorajar o respeito próprio e o respeito aos outros e ao meio ambiente". Até hoje, no entanto, muitas pessoas têm uma visão distorcida do movimento e acreditam que praia de nudismo é lugar de "pegação".

Sem imagens
Para decepção de quem está atrás de "nudes" sensuais, os locais destinados ao naturismo têm clima familiar - tanto é que crianças podem frequentar, desde que acompanhados dos responsáveis. Também deve ser deixada de lado a ideia de sair tirando fotos de pessoas desnudas. 
Não é permitido fazer qualquer imagem sem o consentimento prévio dos envolvidos e quem desrespeitar a regra pode ser expulso do ambiente. E sexo em público, nem pensar: isso pode ser enquadrado como ato obsceno, seja na praia comum ou na naturista. Isso pode dar detenção de três meses a um ano, além de multa.

As estimados 20 mil pessoas que costumam frenquentar os cerca de 35 espaços - entre praias, pousadas e clubes – são filiadas à Federação Brasileira de Naturismo (FBrN). Apesar dos locais oficiais, os encontros acontecem em vários outros pontos. “As pessoas não entendem que o fato de estarmos nus não reflete uma questão erótica e de desrespeito, ao contrário, o objetivo é encorajar o autorespeito e o respeito ao próximo. É muito mais simples do que imaginam. Para nós que praticamos, a nudez é social, natural”, explica José Antônio Ribeiro, presidente em exercício da FBrN.

Apesar de a nudez estar no centro da curiosidade de quem olha de fora, o movimento vai muito além disso e se baseia na experiência de uma filosofia de retorno à natureza como a melhor forma de viver.

Acompanhante obrigatório
Alguns locais onde a prática é permitida podem vetar a presença de homens desacompanhados, então é importante que o novato procure o local em busca de informações. Mas e se o clima de paquera surgir e duas pessoas sentirem-se atraídas? Elas podem agir naturalmente, conversando e buscando outro local para conversarem melhor, é que o rezam as normas de etiqueta do naturismo.

Na hora de fazer a bolsa de praia, o naturista precisa levar exatamente o que qualquer um leva quando vai curtir o litoral. A única diferença é que você deve carregar sempre uma toalha, para usar ao sentar em restaurantes ou barracas de praia, por exemplo. Aproveite para colocar na bagagem o respeito ao próximo, que sua viagem será ainda melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!