segunda-feira, 16 de maio de 2016

Necessidade de reeducação alimentar no século XXI: “o excesso de peso mata mais do que a falta de peso”





O problema global da má alimentação vem criando uma certa ‘noia’ nas pessoas. Não coma carne vermelha pois é carregada de colesterol. Opte pelo frango: estaria carregado de hormônios danosos à saúde. Então coma peixe: os rios e os mares estão excessivamente poluídos. Transforme-se em vegetariano: as verduras são cultivadas à custa de agrotóxicos. E aí, qual a saída?


A má alimentação é um problema global, e vem piorando a cada ano. Isso resultou, em uma epidemia mundial, que é a obesidade. A cada ano, os índices de pessoas acima do peso, e de pessoas obesas aumentam e muito, e isso resulta em 2,8 milhões de mortes/ano, como resultado do excesso de peso.

Chegamos a um ponto, que o excesso de peso mata mais do que a falta de peso. Os EUA apresentam os índices mais preocupantes, fazendo com que as doenças ligadas á má alimentação, matem mais anualmente. Em todo o mundo, os índices de obesidade crescem a todo vapor, e o Brasil vem logo atrás dos EUA.

O “Food Revolution” (Revolução Alimentar) é um projeto do Chef Britânico Jamie Oliver que começou na Inglaterra, e agora já está presente em mais de 510 cidades do mundo. Jaime Oliver vem se dedicando á oito anos em salvar vidas da maneira dele. O “Food Revolution” tem como objetivo mudar os hábitos alimentares das pessoas, promovendo a “real comida” para todos.

O dia 15 de maio é o “Food Revolution Day”, dia dedicado especialmente para as pessoas discutirem e debaterem as questões alimentares no mundo, conversarem sobre comida de verdade, e inspirarem as pessoas a terem bons hábitos alimentares. Esse dia tão importante acontece nas casas, cozinhas, comunidades e restaurantes de vários países do mundo, com um único objetivo: melhorar a saúde e a qualidade de vida, através da boa alimentação.

Jamie Oliver quer com a ajuda de todos, educar a cada criança a cerca da boa alimentação, inspirando as famílias a cozinharem de novo, e capacitando pessoas de todo o lado para lutar contra a obesidade. Em seu projeto, Jamie tem a meta de ensinar as crianças ainda na escola a cozinharem 10 pratos, que “salvarão suas vidas”.

O problema no Brasil


O Brasil vem sofrendo a cada ano com os índices de obesidade, e se continuarem crescendo nesse ritmo, em 10 anos chegará ao que são os Estados Unidos hoje: o país com o maior numero de pessoas obesas no mundo.

Números comprovam que o Brasil enfrenta um grave problema. 49% dos Brasileiros estão acima do peso, 15% são obesos, e 36,6% das crianças brasileiras estão acima do peso. Esta na hora do Brasileiro rever os seus hábitos alimentares, visando uma boa saúde e qualidade de vida.

É preciso rever o que estamos comendo diariamente, sempre buscando saber de onde a comida vem, e como é feita. Com o passar dos anos, a vida das pessoas se tornou mais corrida, e aquela comida caseira do dia a dia acabou. A maioria das pessoas comem em restaurantes ou lanchonetes, ocasionando uma má alimentação.

O “Food Revolution” tem o objetivo de fazer com que as famílias voltem a cozinhar em casa e, acima de tudo, optem por pratos saudáveis e que componham uma boa alimentação. O projeto de Jamie Oliver chegou ao Brasil pela primeira vez em 2012, nas cidades de São Paulo (SP) e Florianópolis (SC) e Brasília (DF), com muitas palestras e cursos de boa alimentação.

Ontem, 15 de maio, todos foram convidados a repensar a sua alimentação, mas que essa ação não se limite ao “Food Revolution”, e sim uma prática diária. O Brasileiro precisa encarar um já real e grande problema que cresce a cada dia no país, que é a obesidade. Precisamos educar as nossas crianças a se alimentarem bem, já pensando num futuro próximo.

Referência: Petit Gastrô

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!