segunda-feira, 2 de maio de 2016

“GRITOS E SUSSURROS”: UM DOS MAIORES CLÁSSICOS DO CINEMA GANHA VERSÃO RESTAURADA NO CINESESC

Na Suécia da virada do século XIX para o XX, Agnes está morrendo de câncer, em sua isolada mansão rural, quando recebe a visita de suas irmãs Karin e Maria. A medida em que a dor e o sofrimento de Agnes se tornam incontroláveis, as irmãs são tomadas pelo medo e pela repulsa, mostrando-se incapazes de qualquer empatia; e Agnes só encontra consolo nos cuidados da empregada Anna

Com a morte cada vez mais próxima, surgem antigos ressentimentos, ciúmes, inveja e amargura entre as irmãs, desenterrando terríveis histórias familiares.

Vencedor do Oscar de melhor fotografia e indicado em outras quatro categorias, incluindo melhor filme e direção, a versão restaurada de “Gritos e Sussurros”, de Ingmar Bergman estreia em 28 de abril, com exclusividade no CineSesc.

O longa, que foi produzido inteiramente com dinheiro do próprio Bergman, marcou o sexto projeto (de um total de 12) ao lado de Liv Ullman. No Brasil, a primeira versão do filme estreou em março de 1973.

Ficha técnica:

Gritos e Sussurros (Dir.: Ingmar Bergman, Suécia, 1972, 91 min., 18 anos)
Roteiro: Ingmar Bergman
Produção: Ingmar Bergman e Lars-Owe Carlberg
Design de Produção: Marik Vos-Lundh
Fotografia: Sven Nykvist
Edição: Siv Lundgren
Figurino: Marik Vos-Lundh
Maquiagem: Cecilia Drott, Britt Falkemo e Börje Lundh
Efeitos Sonoros: Tommy Persson, Owe Svensson e Sven Fahlén
Elenco: Ingrid Thulin, Liv Ullman, Harriet Anderson, Erland Josephson, Henning Moritzen e outros.

Referência: Película Criativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!