Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Picasso é tido como o paradigma do artista moderno: inventivo, desafiador e engajado em lutas sociais



Todas as características que são apontadas na arte de vanguarda do início do século, Picasso encarnou-as com tal amplitude e intensidade como nenhum outro artista do século XX o fez

Quando todos já haviam se inteirado das novas descobertas plásticas, retoma um estilo classicista totalmente incompreensível para quem não entende seu gênio libertário.Espírito irrequieto, não hesitou em abandonar uma fase extremamente candente e poética, como a denominada fase azul para lançar-se no experimentalismo geométrico do Cubismo.

Por diversas vezes tomou partido em situações sociais que o afligiam. Usou dos pincéis como instrumento de denúncia, tanto durante a Guerra Civil espanhola, quando denunciou o bombardeio nazista sobre a cidade de Guernica, como

Sem dúvida, cada artista possui a sua identidade, a sua própria característica. Muitas vezes, os traços fortes ou leves, o estilo e outros detalhes são os pontos que marcam a carreira e a obra de um pintor
Ousadia

O trabalho de Pablo Picasso, por exemplo, é facilmente reconhecido por suas obras, em função da ousadia característica. No entanto, olhando para quadros produzidos em momentos diferentes da carreira, parece que nem sempre o pintor manteve o mesmo estilo em sua arte.

Segundo uma publicação do site Bored Panda, o artista teria feito a seguinte afirmação: “Os diferentes estilos que tenho usado em minha arte não devem ser vistos como uma evolução ou como passos no sentido de um ideal desconhecido de pintura. Inevitavelmente, temas diferentes requerem métodos distintos de expressão. Isso não implica em evolução ou progresso. É uma questão de seguir a ideia de que se quer expressar e a maneira que cada um deseja para fazer isso”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!