Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Buscando inspiração no estudo dos itans da Mitologia dos Orixás,o espetáculo “Orí” mergulha na ancestralidade africana



 Depois da temporada de 2014, volta a estar em cartaz o espetáculo Orí no palco do Teatro Gamboa Nova, em Salvador. A peça será encenada em duas sessões, hoje, 27 de fevereiro, às 17h e às 20h

Orí (o olho por onde eu vejo deus é o mesmo olho por onde ele me vê) é um espetáculo que busca inspiração no estudo dos itans da Mitologia dos Orixás, conservando suas simbologias mais marcantes. O ponto de partida é a ideia do espelho, do sujeito que se reconhece culturalmente buscando seu corpo-memória, repleto de sensações abandonadas e desaparecidas no tempo e no espaço. 

Através desta dualidade, o solo desloca-se do universo da abstração e imaterialidade, reconstruindo no mundo palpável e visível da matéria, diversas corporalidades que são também uma configuração, já que não há uma forma fechada de sua possível dimensão física. 

"São histórias comuns, de gente comum, resgatando oralidades diluídas, quase que apagadas de nossas memórias” – reflete Thiago Romero, que protagoniza o projeto em cartaz no Teatro Gamboa Nova. Processo do Coletivo Mutum, Orí mergulha na memória afetiva e no confronto entre a ancestralidade e o mundo contemporâneo, através da poesia e força que estão presentes na cultura africana.

Assim, Orí caminha no sentido de estabelecer relações entre o sistema familiar na contemporaneidade e a família de santo, revendo as aproximações e transmutações inerentes as duas, que sofrem a influencia do tempo, mas também o superam, gerando um terceiro elemento que sintetiza e harmoniza estas duas esferas.

Serviço:

Quando: 27 de fevereiro
Horário: às 17h e às 20h
Onde: Teatro Gamboa Nova
Classificação: Livre
Quanto: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!