Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

sábado, 27 de fevereiro de 2016

A Fundação Gregório de Mattos sedimenta-se como uma das mais importantes instituições culturais da Bahia, ao lançar a Coleção do Selo Literário João Ubaldo Ribeiro


  

 Salvador vivenciou um marco na história da sua produção literária com o lançamento do Selo Literário João Ubaldo Ribeiro, que aconteceu na última quarta-feira (26), na Academia de Letras da Bahia, dentro da programação do Festival da Cidade


O Selo tem como objetivo incentivar a produção literária na cidade e dar oportunidade a novos escritores. Visa, também, estimular a leitura, doando as obras para cada biblioteca pública de Salvador e da Bahia. Além disso, cada estado do Brasil também será contemplado com a coleção.

A Academia de Letras da Bahia, o Gabinete Português de Leitura, as embaixadas dos países lusófonos também receberão exemplares, permitindo ampla divulgação dessas produções, bem como acesso à população, que poderá fazer consultas e leituras nesses locais. A ideia é levar nossos escritores para além das fronteiras da cidade, do estado e do país! Após o lançamento, coleção estará disponível na versão virtual, através do site da Fundação Gregório de Mattos. 

Apoiando novos talentos

O prêmio é muito mais do que a publicação dos livros, é abertura de caminhos, é oportunidade, é realização e afirmação de talentos e carreiras. Para Goli Guerreiro, autora de Alzira está morta, "não haveria sorte maior para um romance de estreia. Veja só! Receber um prêmio que leva o nome do grande João Ubaldo Ribeiro". Sentindo-se honrada pela premiação, Betania Paz Lisboa, autora de O circo da alegria, afirma que "o Selo João Ubaldo Ribeiro valoriza o escritor baiano, o que me motiva a continuar a jornada de escritora.".

“A criação do selo João Ubaldo Ribeiro foi uma iniciativa muito feliz, importante e promissora não só para a nossa cidade como também para a Bahia e o Brasil. É uma oportuna homenagem a um de nossos maiores escritores. Com certeza ela o deixaria feliz, pois tem repercussão positiva na produção literária baiana e brasileira e valoriza sua terra.

Estou muito contente por ter um livro selecionado para ostentar este selo. É uma grande honra. Dou parabéns à Fundação Gregório de Mattos, que volta a brilhar, graças a uma gestão inteligente e a seus bons funcionários.”, declara o veterano Ordep Serra, com o seu mais novo livro, A devoção do diabo velho.

Referência: FGM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!