segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Técnica de purificação de ar de alta tecnologia, controle climático e sistema de luz evitarão restauração da Capela Sistina



A tecnologia a serviço da arte e da história. Graças à moderníssima tecnologia de purificação de ar, controle climático e sistema de luz,os centenários afrescos da Capela Sistina não vão necessitar de nova restauração, segundo autoridade do Vaticano afirmou em recente entrevista
Após uma restauração que durou quase 15 anos e que foi terminada em 1994, quando o número de visitantes era cerca de 1,5 milhão por ano, especialistas buscaram novas técnicas para proteger os afrescos, ao tempo que o número atingia seis milhões, com tendência de aumento nos próximos anos.

Entre os vários afrescos, muitos de autoria de Michelangelo, está uma das mais famosas cenas da história da arte de todos os tempos: o braço de Deus se esticando para dar vida a Adão. 

Resíduos diversos, poeira, suor e dióxido de carbono acumulados ao longo dos anos representam um grande risco para as obras de arte, que têm mais de 500 anos e representam uma parte da história da humanidade.

História


Localizada no Palácio Apostólico, a Capela Sistina é conhecida por ser decorada com afrescos pintados por grandes artistas da Renascença. Entres os nomes que fizeram parte da história da Capela Sistina estão Sandro Botticelli, Michelangelo, entre outros. Sua arquitetura foi construída com base no Templo de Salomão do Antigo Testamento, o primeiro Templo em Jerusalém, construído no século XI a.C. Além de ser um lugar com grande índice de visitantes, é na Capela Sistina que se realiza o conclave, processo de escolha do novo Papa.

O nome Capela Sistina, grafado em italiano como Cappella Sistina, faz referência ao Papa Sisto IV que, entre os anos de 1477 e 1480, foi responsável pela restauração da Capela Magna, capela medieval demolida da qual foram utilizados os alicerces para a construção da Capela Sistina.

Principais características da Capela Sistina:

- A Capela Sistina está situada no Palácio Apostólico (residência oficial do papa) no Vaticano.

- Esta capela foi construída entre os anos de 1475 e 1483.

- Na Capela Sistina ocorrem os conclaves (reunião em clausura), nos quais os cardeais da Igreja Católica elegem o papa.

- O projeto arquitetônico da capela foi elaborado pelo arquiteto e escultor italiano Baccio Pontelli.

- Possui um formato retangular com 40,9 metros de comprimento, 13,4 metros de largura e 20,7 metros de altura.

- Internamente, as paredes laterais e o teto da capela são decorados com diversos afrescos, que retratam o Velho e o Novo Testamento. As pinturas mais famosas são do artista renascentista italiano Michelangelo Buonarotti, principalmente as que retratam o Juízo Final. Porém, encontramos também pinturas de Botticelli, Cosimo Rosselli, Perugino, Ghirlandaio, Signorelli, entre outros.

- Nas décadas de 1960 e 1970, a capela passou por um processo de restauração, principalmente nos afrescos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!