sábado, 28 de novembro de 2015

Mostra de cinema de Bruce Lee está em exibição em Salvador BA, desde a última quinta (26) e vai até 02.12

Em “Um Índio”, Caetano Veloso sintetizou o astro do cinema e das lutas marciais: ‘Tranquilo e infalível como Bruce Lee’, que são duas características marcantes dosino-americano que morreu aos 32 anos, em 1973, imortalizado como um ícone das artes marciais e da cultura pop mas que tinha, além de músculos, uma mente além do seu tempo

Desde a última quinta-feira (26) e até a próxima quarta-feira (2), serão exibidos em Salvador clássicos do mestre do kung-fu, Bruce Lee. A exibição faz parte do Festival Bruce Lee - 75 Anos, que levará aos cinemas de 12 capitais brasileiras clássicos protagonizados pelo ator em Hong Kong.

Além da exibição dos filmes, o evento conta com exposição de pôsteres e fotos promocionais da época dos lançamentos, reproduções de capas de revistas e histórias em quadrinhos inspiradas em Bruce Lee. Entre os longas do festival estão "O Dragão Chinês", "A Fúria do Dragão", "O Voo do Dragão", "Jogo da Morte", além de documentários contando a história do ator.

No festival serão projetadas cópias em alta resolução, com qualidade inédita para os filmes de Bruce Lee nos cinemas brasileiros. Os filmes ainda serão, pela primeira vez, exibidos com o áudio original, com a voz de Bruce Lee em mandarim e cantonês. As cópias dos 1970, tinham dublagem em inglês.

Além de Salvador, a mostra acontecerá também nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Florianópolis, Brasília, Natal, Recife, João Pessoa, Manaus e Curitiba.

Historia

Bruce Lee nasceu em San Francisco, nos EUA, durante uma passagem pela cidade da companhia artística integrada por seus pais. Foi criado em Hong Kong – sua mãe pertencia a um abastado clã da então colônia britânica – e cresceu aprimorando um impressionante dom para as artes marciais e exercitando a veia artística em pequenos papéis no cinema.


- O Dragão Chinês (1971) – Para resolver misteriosos desaparecimentos, rapaz quebra juramento de nunca mais se envolver em brigas. - A Fúria do Dragão (1972) – Lutador deseja vingar a morte de seu professor assassinado.

- O Voo do Dragão (1972) – Jovem chega a Roma para trabalhar no restaurante dos primos e tem de encarar gângsteres que querem tomar o local. O então desconhecido Chuck Norris mede forças com Brece Lee na antológica sequência no Coliseu.

- Jogo da Morte (1978) – Famoso lutador que se recusa a entrar em sindicato do crime forja sua própria morte para iniciar sua vingança. O então astro do basquete Kareem Abdul-Jabbar faz um dos vilões.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!