domingo, 22 de novembro de 2015

Índia censura cenas de beijos no novo filme de James Bond



O último filme da saga James Bond, 007 Contra Spectre, estreia nesta sexta-feira na Índia marcado pela polêmica, depois de o órgão de censura decidir encurtar os beijos mais apaixonados do agente 007 com suas duas companheiras de aventura

Os espectadores indianos que forem ao cinema para ver o 24º filme da franquia, dirigida pela segunda vez por Sam Mendes, verão só uma parte dos carinhos trocados entre os personagens de Daniel Craig e das atrizes Monica Belluci e Léa Seydoux.
As críticas dentro da indústria cinematográfica e da sociedade intelectual indiana pelo corte das cenas “picantes” foram direcionadas ao presidente da Comissão Central de Certidão Cinematográfica (CBFC), o órgão censor, Pahlaj Nihalani.
“Os beijos de Craig com suas co-protagonistas foram cortados em 50%. O órgão censor não tem nada contra os beijos de James Bond, mas sua duração foi percebida como inutilmente excessiva”, afirmou uma fonte não identificada ao jornal indiano “DNA”.

“A decisão de Nihalani não é um reflexo das minhas opiniões. Me parece uma paródia à liberdade do cineasta”, afirmou em sua conta no Twitter o diretor de cinema e membro do CBFC Ashoke Pandit, que afirmou que o presidente atua sempre “por conta própria”.”Não assino sua limitação dos direitos criativos.
 ‘Spectre’ é um filme aplaudido internacionalmente, mas Nihalani estragou tudo mais uma vez ao degradá-lo com sua própria maneira de pensar”, sentenciou Pandit, natural de Mumbai, sede da indústria cinematográfica de Bollywood, a maior do mundo, com 1.250 estreias ao ano.

Outro diretor de Mumbai, Shirish Kunder, ironizou no Twitter o alto conhecimento que o órgão censor têm das mulheres, já que “sabe exatamente durante quanto tempo James Bond deve beijar Monica Belucci para satisfazê-la”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!