Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Quininho de Valente é um dos convidados para o show que celebra os 13 anos do Coliseu do Forró, em Salvador BA





O O Coliseu do Forró completa 13 anos e a comemoração vai começar amanhã, sexta (02/10) e para animar a festa de aniversário, nada melhor do que a presença de um dos mais autênticos forrozeiros do Brasil, Quininho de Valente


Para comemorar seus 13 anos a casa de espetáculos convidou um grupo de artistas ligados ao ritmo, entre eles o forrozeiro Quininho de Valente, um dos pilares de sustentação do autêntico forró, discípulo que é de nomes como Luiz Gonzaga, Trio Nordestino e Dominguinhos.
O Coliseu do Forró, casa de show especializada no ritmo junino, na capital baiana, comemora treze anos fazendo a alegria dos baianos. A cada semana, sempre nas sextas e sábados, a casa recebe programação especial com bandas locais e nacionais, inovando na grade de atrações e animando as noites dos apreciadores de um bom forró.

Vida dedicada ao forró

Quininho de Valente, do alto dos seus 25 anos de carreira solo, tem ainda na bagagem mais de dez anos tocando com o Trio Nordestino, percorrendo esse brasilsão levando o autêntico forró aos mais recônditos rincões do país.

O valentense teve uma forte ligação com os integrantes da formação original do Trio Nordestino (Lindú, Cobrinha e Coroné), sendo, inclusive, compadre de Lindú. Na banda, ele fez outros amigos como o cantor e sanfoneiro Genaro, com quem fez algumas gravações e composições a quem considera como um dos melhores sanfoneiros.


Uma longa caminhada desde o lançamento de “Dê uma chance ao meu prazer”, no início d década de 90 até a gravação do primeiro DVD e Quininho de Valente recorda com detalhes desse episódio. No dia marcado para a gravação na sua cidade natal, choveu torrencialmente, inviabilizando o show que geraria o DVD. No dia seguinte, a chuva não deu trégua, mas foi assim mesmo. “Foi uma dupla alegria para o povo do sisal, pois além do meu show na praça, caiu uma chuva muito forte, coisa bem rara no Sertão”.

É esse nordestino que carrega o mote de “Furacão do Forró”, que já gravou com Alcymar Monteiro e Genaro, que tem no seu cancioneiro as mais belas composições de monstros sagrados como João Silva, é o Quininho de Valente que o Coliseu do Forró convidou para celebrar os seus 13 anos de sucesso, fazendo a alegria da nação forrozeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!