Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

O ‘Topo da Montanha’, sobre Martin a trajetória de Luther King, é o novo projeto de Lázaro Ramos



O título da peça faz referência ao último discurso de Martin Luther King proferido em Memphis, no Tennessee - mais especificamente na Igreja de Mason, no dia 3 de abril de 1968, um dia antes de seu assassinato, cometido na sacada do Hotel Lorraine, onde ele estava hospedado no quarto 306

A primeira pessoa a fazer uma referência sobre O Topo da Montanha foi o diretor Dennis Carvalho que, há dois anos, ao assistir à montagem de Nova York, voltou empolgado. "Lázaro, essa peça você tem que fazer", disse. 

Pouco tempo depois, foi a vez de outro encenador, João Falcão, com quem Lázaro interpretou um de seus primeiros sucessos no palco, A Máquina. "João não só fez a mesma intimação amiga, como trouxe o texto para eu ler", conta o ator que, curioso diante de tantas recomendações, decidiu dar uma espiada.

Apesar do interesse inicial, a montagem parecia definitivamente afastada até que o acaso entrou em ação quando Silvio José Albuquerque e Silva, que lhe disse: "Gostaria que você lesse uma peça que traduzi e que me pareceu interessante. Aí Lázaro leu a versão decidiu tocar o projeto e assumir a direção.

A decisão, apesar de extenuante, foi recompensadora. Com Fernando Philbert na co-direção, Lázaro começou a dar contornos a uma versão com toque de brasilidade. Um exemplo: não se prendeu à tradição das montagens estrangeiras de, no cenário, reproduzir com exatidão o quarto do hotel onde o ativista foi assassinado. Assim, a cenografia de André Cortez usa uma estrutura de metal que facilita a revelação de uma grande surpresa no final.

"Também não me preocupei em ser uma reprodução fiel do Luther King no palco, encenando seus mínimos gestos", disse. "É uma apropriação nossa, que permitiu compartilhar nosso afeto durante o ensaio. Com isso, entendemos perfeitamente o grande ensinamento deixado por esse homem."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!