Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Quem tem as respostas para as questões que a ciência não consegue esclarecer?


8 falácias lógicas que alimentam os sentimentos anticiência (5)

Segundo os cientistas, o cosmo foi criado a partir de uma grande explosão, que deu origem a tudo. É isso que diz a teoria do Big Bang. Apesar de ser a mais aceita pela ciência, o Big Bang nunca foi comprovado e talvez nunca seja

A ciência não tem todas as respostas, nem finge ter. Não sabemos ainda como funciona a consciência, não sabemos o que causou o Big Bang, e ainda há lacunas no nosso conhecimento sobre como certos traços emergiram via seleção natural. Mas isto não quer dizer que nunca venhamos a saber isso. 

Mas enquanto não temos estas respostas, é importante reunir evidências, criar hipóteses e assumir o paradigma naturalista (ou seja, todos os fenômenos podem ser explicados sem precisar apelar para as ações de uma força divina).Sendo assim, como fica o conceito-base de praticamente todas as religiões que acreditam que o mundo foi criado por uma entidade suprema. 

Mas, o que existia antes do Big Bang? Na opinião do astrofísico Marcelo Gleiser, autor do livro "A Dança do Universo", antes do Big Bang não havia nada. "Não existia um antes. Esse tipo de pergunta nasce do preconceito comum de querer encontrar um evento anterior a tudo. O tempo simplesmente não existia. Ele surgiu com a criação", diz Gleiser.

Infelizmente, entretanto, há uma tendência entre os que querem desacreditar a ciência de preencher estas lacunas de nosso conhecimento com explicações supernaturais e metafísicas. Por exemplo, os criacionistas alegam com frequência que a seleção natural não pode explicar adequadamente a diversidade, complexidade (irredutível ou não) e o aparente projeto da vida na Terra. Da mesma forma, fenômenos neurológicos com as experiências de quase-morte ou experiências alucinatórias como uma presença remota geralmente são explicadas com o sobrenatural quando explicações mais simples são mais prováveis e plausíveis.

O matemático Charles A. Coulson escreveu em 1955:”Não há um ‘Deus das lacunas’ para assumir aqueles pontos estratégicos onde a ciência falha, e a razão é por que as lacunas deste tipo tem o hábito de encolher”, acrescentando que “ou Deus está em toda a Natureza, sem lacunas, ou ele não está nela de forma alguma”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!