Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

sábado, 19 de setembro de 2015

Os Illuminati teriam deixado uma mensagem cifrada na Estátua da Liberdade?





Uma grande parte do público tomou ciência dos Illuminati através do livro “Anjos e Demônios”. O que é pregado no livro de Dan Brown sobre os Illuminati, é que seria uma seita dos mais geniosos cientistas, que entre seus 1600 membros, contavam com os nomes de Galileu Galilei e Bernini
Para que os cientistas ingressassem nessa ordem, seria necessário montar um quebra cabeça genioso espalhado pelo vaticano, no qual somente os mais sábios cientistas da época descobririamA ideia para a criação de uma estátua da liberdade e da liberdade foi proposto pela primeira vez por outro francês com o nome de Edward Laboulaye. Foi ideia e determinação dele, durante a guerra civil americana que levou a partir de uma noção simples de um projeto real. 

Laboulaye, um maçom francês propôs a ideia de uma estátua gigante replica de uma deusa que o movimento maçônico idolatra.A história oficial reza que a Estátua da Liberdade foi uma doação dos franceses que acabou por se tornar o símbolo mais acarinhado dos Estados Unidos da América. Circula na net uma nova versão que contradiz o que foi ensinado na escola e, na verdade, são outros os fatos significativos em relação à verdadeira natureza da estátua. 

Esses fatos pertinentes que permanecem em grande parte desconhecidos do público em geral, giram em torno da verdadeira história da criação da estátua, bem como o sentido e o significado que está por trás da estátua.

Laboulaye passou ao apoio financeiro e Bartholdi a comissão para fornecer a escultura desta deusa da iluminação desde os tempos antigos.

History Channel


Há alguns dias, vem sendo reexibido no canal fechado History Channel, um programa que aborda o questionamento sobre quem presenteou os Estados Unidos com a Estátua da Liberdade que, na verdade, não teriam sido os franceses, mas na realidade, uma manobra orquestrada pela maçonaria, a sociedade secreta, e não pelo governo da França.

A chamada para o programa questiona: “Será que a Estátua da Liberdade contem uma mensagem secreta? Existem símbolos secretos inseridos nela? Seria ela um símbolo secreto gigante ? Será que ela realmente representa Lúcifer? A resposta a estas perguntas é sim.”

Antes do episódio do programa “Decodificando por Brad Meltzer: Estátua da Liberdade“, exibido pela primeira vez no History Channel dia 16 de dezembro de 2010, se você perguntasse à maioria dos americanos o que a Estátua da Liberdade representa, eles responderiam “América”, “liberdade” ou “democracia”.

É interessante como os Estados Unidos aceitaram um “presente” de uma sociedade secreta, e em seguida colocaram em um porto em Nova York, você não acha? Eu poderia doar um monumento e ter uma cidade importante colocá-lo em um lugar onde todos possam vê-lo? Espero que sim, porque eu tenho algumas ideias em mente.

Frederic Bartholdi, o criador da Estátua da Liberdade, foi um maçom (não surpreendentemente), e muito familiarizado com o ocultismo e também com o simbolismo e filosofias dos Illuminati. As três figuras principais envolvidos com a estátua, Frederic Bartholdi, que projetou a estátua em si, Gustave Eiffel, que projetou a estrutura de suporte interno, e Richard Hunt, que projetou o pedestal, eram todos maçons.

O plano original de Bartholdi era para que uma estátua gigante deste tipo fosse colocada em um porto no Egito. Após a sua proposta ser recusada pelo governo egípcio, ele mudou um pouco seu design e ofereceu a estátua aos Estados Unidos.

O nome original da estátua era “A Liberdade Iluminando o Mundo“, e não “Estátua da Liberdade”. Novamente, a palavra “Iluminando” se encaixa perfeitamente com o tema dos Illuminati. Iluminando, Iluminismo, iluminação, o sol, inteligência, brilho, brilhante, Lúcifer. Você está percebendo? As pessoas inteligentes estão. Os zumbis, provavelmente, acabaram de parar de ler.

Uma imagem quase igual da Estátua da Liberdade fica na França, também em uma ilha, no rio Sena, em Paris, e foi criada em 1889, apenas três anos após a dos Estados Unidos. Se ele é um símbolo da “América”, então porque é que há uma estátua quase idêntica na França? Na verdade, existem centenas de enormes “Estátuas da Liberdade” por todo o mundo.

Lenda ou realidade? Fantasia ou verdade? Não estamos aqui a buscar uma resposta concreta e definitiva, mas colocando para análise e reflexão daqueles que se interessam pelo assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!