Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

domingo, 2 de agosto de 2015

Atenas 1896 marca o início dos Jogos Olímpicos da Era Moderna e Rio 2016 celebrará os 120 anos do maior evento esportivo do planeta



O renascimento dos Jogos Olímpicos, depois de 16 séculos da sua extinção, foi realizado com a preciosa mão de Pierre de Fredy, barão de Coubertin (1863-1937) que lançou, em 1894, numa reunião, a ideia de reviver a antiga tradição grega, através da qual esperava unir os povos 


Os primeiros Jogos Olímpicos da Era Moderna tiveram lugar em Atenas, em 1896, celebrando-se, desde então, de 4 em 4 anos, com interrupções em 1916 e 1939-1945 devido às grandes guerras mundiais. 
A partir daqui as Olimpíadas passaram a ser realizadas de quatro em quatro anos. A escolha da cidade onde se realizam os Jogos é decidida numa reunião do C.O.I. sete anos antes da prova.

Assim, em 1894, apoiado pelo americano William Sloane e pelo inglês Charles Herbert, e contando com a presença de representantes de 15 países, fundou o Comité Olímpico Internacional (C.O.I.), organismo que até hoje controla todo o mundo olímpico. Dois anos depois, realizavam-se em Atenas os primeiros jogos olímpicos da era moderna contando com 285 atletas de 13 países num local chamado Panatinaico.



Em 1889 sonha com o restabelecimento dos Jogos. Em 1894 convoca um congresso em Paris, do qual resultou a fundação do Comitê Olímpico Internacional (COI), e a revitalização dos Jogos Olímpicos “adaptados à Era Moderna, ajustando-se à antiguidade clássica e com base internacional”.

Somente 14 países estiveram presentes com 245 atletas em 13 modalidades desportivas, tendo sido utilizado o estádio construído todo em mármore e desenhado por Licurgo no ano 350 a.C. O ideal Olímpico restaurado visava a fraternidade dos povos.

Na sessão inaugural, também estabelecida por Coubertin, desfilam as delegações dos países participantes e as suas bandeiras, faz-se a proclamação da abertura dos Jogos, iça-se a bandeira olímpica ao mesmo tempo que se toca o hino olímpico, acende-se a pira olímpica com um simbolicamente aceso em Olímpia e levado de mão em mão pelos corredores até ao estádio e fazem-se os juramentos olímpicos (atletas e juízes).


Aos vencedores das competições é concedida a subida ao pódio sendo-lhes entregue diplomas e medalhas para o 1º, 2º e 3º classificados por membros do COI. Segue-se o hastear das bandeiras das nações dos vencedores e ouve-se o hino nacional do 1º classificado.

A cerimônia final efetua-se no final da última competição no estádio. Tornam a desfilar os participantes e suas bandeiras e o presidente do COI declara os Jogos encerrados, convidando a juventude de todos os países a voltar a reunir-se 4 anos mais tarde, na cidade já escolhida.

Depois do soar das trombetas é arreada a bandeira olímpica e entregue ao representante da cidade eleita para os próximos Jogos.

Existem centenas de desportos mas nem todos são considerados Olímpicos, para ser aprovado tem que ser praticado por homens em pelo menos 75 países e em quatro continentes, e por mulheres em pelo menos 40 países e em três continentes. Em suma existem 29 modalidades Olímpicas, e são elas o: Handebol, Atletismo, Badminton, Basebol, Basquetebol, Boxe, Canoagem, Ciclismo, Equitação, Esgrima, Futebol, Ginástica, Halterofilismo, Hóquei, Judo, Lutas Amadoras, Natação, Pentatlo Moderno, Pólo aquático, Remo, Softbol, Tiro, Tiro com Arco, Taekwondo, Tênis, Tênis de Mesa, Triatlo, Vela e Voleibol. Tal como os gregos uma oração no templo de Zeus para que as competições fossem justas, agora os atletas, também prometem no Juramento, honra, boa vontade e "Fair play". O Juramento:

"Em nome de todos os participantes, juro que seremos reais competidores durante Os Jogos Olímpicos e que respeitaremos as normas dos Jogos. A nossa Participação caracteriza-se por uma mente cavalheiresca para maior honra das nossas equipas e gloria dos Jogos”.


Embora o objetivo dos Jogos seja promover a paz e amizade entre os povos, não foi sempre o que aconteceu. Nos jogos de Berlim, em 1936, Hitler, recusou-se a entregar as quatro medalhas de ouro ao norte-americano Jesse Owens, por este ser de cor negra. Este é um dos muitos exemplos do que aconteceu ao longo dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, e até foram interrompidos pelas duas Grandes Guerras Mundiais. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!