quarta-feira, 1 de julho de 2015

Livro escrito por Ilnah Campiello presta homenagem a Câmara Cascudo e ao sertão nordestino


Através das memórias do seu pai, entrelaçadas com as suas próprias, Ilnah descortina, de modo poético, a trajetória dos seus antepassados e traça, com sensibilidade e lirismo, um panorama da vida nos sertões do nordeste brasileiro. “Trabalho de ecologia e antropologia social”, no dizer de Nelson Chaves
A advogada e odontóloga Ilnah Campiello Varella Asfora escreveu, em 1965, um livro em homenagem aos seus antepassados e dedicado ao pesquisador Luís da Câmara Cascudo. A obra escrita por Ilnah Campiello tem narrativa construída através da memória da autora e do seu pai.

Falecida em 2014, aos 91 anos, ela deixou o livro concluído, Memorial Campiello (Confraria do Vento), que é lançado nesta quarta (1/7), às 19h, na Livraria Saraiva do Shopping RioMar.

A família da autora estará presente no evento, e a irmã de Ilnah, Maria Varella, autografará o título. A obra mistura as memórias da escritora com as de seu pai, Francisco. Ilnah, nascida em Natal e radicada em Pernambuco, ainda faz na obra um tratado sensível e lírico da vida nos sertões do Nordeste, em um trabalho que beira a antropologia social.

Referência: jc online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!