quinta-feira, 9 de julho de 2015

Comemorando os 16 anos de atividade, a casa de shows Sala de Reboco, no Recife PE, apresenta atrações especiais





A autenticidade e o regionalismo, presentes na decoração rústica e nas paredes pintadas por artistas plásticos pernambucanos, além programação semanal dançante e bem composta e uma cozinha regional típica sertaneja, fazem da “Sala de Reboco” um dos ambientes mais agradáveis da capital pernambucana


Todas as quintas, sextas, sábados e vésperas de feriado, a partir das 22h, o grande sobrado do Cordeiro, bairro do Recife, remete seus freqüentadores às festas dos vales sertanejos, parecidas com as do tempo em que não havia energia elétrica e a bebida ainda era colocada para gelar dentro de um pote de água fria. 
Regado a cerveja gelada, depois da primeira puxada de fole, chove muita gente bonita em clima de muito chamego e o forró só termina com a saída dos últimos casais, lá pelo amanhecer do dia.Uma das melhores casas de forró do Brasil, o Sala de Reboco Bar & Comedoria é um lugar dedicado exclusivamente ao autêntico forró pé-de-serra. Inaugurado em 1999, possui um público fiel e de qualidade, atraído pela boa música executada ao vivo pelos maiores forrozeiros do país, que compõem e interpretam o autêntico forró pé-de-serra nordestino.

Artistas do quilate de Dominguinhos, Amelinha, Arlindo dos 8 baixos, Maciel Melo, Petrúcio Amorim, Azulão, Jorge de Altinho, Nando Cordel, Genival Lacerda, Alcymar Monteiro, Flávio José, Santanna, Anchieta Dalí, Miguel Marcondes, Luiz Homero, Ivan Ferraz, Josildo Sá, Agostinho do Acordeon, Lampiões e Maria Bonita, Novinho da Paraíba e Assisão já se apresentaram no Sala de Reboco. O palco é decorado com tecidos de xita e painéis com paisagens sertanejas, dando alegria e enchendo de cores as apresentações. Além disso, não falta espaço para revelação de novos talentos ou para bandas locais.

No cardápio, petiscos regionais destacando-se o bode guisado, o arrumadinho de carne de sol e o escondidinho de charque, um prato que utiliza charque desfiada e purê de macaxeira com queijo gratinados. Nos diversos bares encontram-se também da mais simples até a mais sofisticada bebida, com destaque para a legítima cachaça, - conhecida em Pernambuco como ‘aguardente’ e os drinques que levam frutas nordestinas e de outros estados.

Ao denominar a casa de “Sala de Reboco”, o idealizador do empreendimento prestou uma homenagem a uma das mais belas músicas compostas pelo poeta Zé Marcolino e que foi um dos grandes sucessos do cancioneiro de Luiz Gonzaga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!