terça-feira, 23 de junho de 2015

Theatro Municipal sedia Semana do Violino, com palestras e concertos diários




Com sete concertos, precedidos de palestras, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro sedia, de hoje (22) até o próximo domingo (28), a 2ª Semana do Violino, evento que pretende ampliar para o público em geral o conhecimento sobre esse instrumento, fundamental para a música

Os próprios violinistas que vão se apresentar, no Teatro B, no prédio anexo ao Municipal, acompanhados de intérpretes de outros instrumentos, serão os responsáveis, no dia seguinte, pelas palestras.

Realizada pela primeira vez no ano passado, no Instituto Villa-Lobos, Escola de Música da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), a Semana do Violino ganha neste ano um local de maior repercussão. Usado para cursos, palestras e ensaios dos corpos estáveis do Theatro Municipal, o Teatro B, com 161 lugares, oferece acústica adequada à música de câmara e já vem sendo aberto ao público para eventos da casa, como a série Ópera do Meio-dia, apresentada na terceira quarta-feira de cada mês, com ingressos a preços populares.

“Nosso objetivo é proporcionar mais um espaço para a música de câmara e aproximar a cultura violinística do dia a dia das pessoas”, diz o violinista Ayran Nicodemo, integrante da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal, produtor e diretor artístico do evento. “As palestras antes de cada concerto têm foco didático, este ano voltado para o gênero sonata e seu contexto no universo do violino”, explica.

O panorama sobre a sonata no violino começa com os compositores barrocos, passa por Beethoven e pelo romantismo de Brahms, Mendelssohn e Paganini e chega aos compositores brasileiros, como Heitor Villa-Lobos, Leopoldo Miguez e César Guerra-Peixe. A pouco executada sonata Desesperance, de Villa-Lobos, abre a programação nesta segunda-feira, em concerto do violinista Ricardo Amado e do pianista Flávio Augusto, precedido de uma palestra do professor Paulo Dantas.

Até sábado (27), os concertos serão às 20h, com palestras uma hora antes. Domingo, a programação começa mais cedo, com palestra às 17h e concerto às 18h.

Os ingressos custam R$ 10 e o Teatro B do Municipal fica na Praça Floriano, com acesso peloboulevard da Avenida Treze de Maio, no centro do Rio.

Fonte:EBC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!