quarta-feira, 3 de junho de 2015

Retratar o relacionamento amoroso e a sua evolução ao longo dos tempos é a proposta de “BEJA-ME COMO NOS LIVROS”



Para contar a “BEJA-ME COMO NOS LIVROS”, o corpo e a voz serão os elementos determinantes. No caso da voz, a comunicação não se dará por meio do sentido das palavras, mas pela sonoridade da fala e não será usada, portanto, uma língua reconhecível como o português ou o inglês

A preparação do espetáculo prevê o estudo de obras teóricas como “A História do Amor no Ocidente”, de Denis de Rougemont, e “O Livro do Amor”, de Regina Navarro Lins; mitos românticos como “Romeu e Julieta” e “Tristão e Isolda”; além do desenvolvimento de uma intensa investigação cênica. 

Para contar a “BEJA-ME COMO NOS LIVROS”, o corpo e a voz serão os elementos determinantes. No caso da voz, a comunicação não se dará por meio do sentido das palavras, mas pela sonoridade da fala. Não será usada, portanto, uma língua reconhecível como o português ou o inglês. Antes, será criada uma espécie de gromelô, isto é, uma língua teatral própria do espetáculo. 

Para a instrumentalização do corpo como elemento fundamental da comunicação, serão pesquisadas linguagens como a dança, o cinema mudo, o teatro físico, a mímica, o teatro de bonecos e o teatro de sombras. O objetivo final de toda a pesquisa é a criação de uma dramaturgia cênica vigorosa que mostre como a relação amorosa entre duas pessoas se modificou profundamente através dos séculos, até se estabelecer como a entendemos e praticamos nos dias de hoje.

“BEIJA-ME COMO NOS LIVROS” se propõe a retratar o relacionamento amoroso e a sua evolução ao longo dos tempos, por meio de uma linguagem cênica criativa, amparada na expressividade corporal e vocal. A peça tem como premissa pensar o amor não como algo biológico e inerente à natureza humana, conforme costuma ser visto, mas como mais uma invenção do ser humano, sujeita a constantes alterações ao sabor das mudanças na política, na religião e na economia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!