segunda-feira, 6 de abril de 2015

A Bahia tem sempre um destino especial e a Linha Verde é um espetáculo à parte


Que toda viagem exige planejamento, todos nós estamos perfeitamente cientes. Escolher com cuidado a cidade e o tipo de viagem também é fundamental e, se o destino escolhido é a Bahia, prepare-se para o turbilhão de atrações da 'boa terra'

Ir a Salvador, por exemplo, não é exatamente um programa para se fazer com crianças pequenas, pois o legal é conhecer as igrejas e as construções históricas, e não é fácil fazer isso carregando carrinho ou até mesmo o próprio bebê. 

Se a opção for pelos vários resorts da Linha Verde a comodidade em um preço pois os pacotes que, na maioria das vezes incluem pensão completa, tem um custo tão alto que, em vários casos, é possível viajar para o exterior gastando um valor semelhante.

Como gastar menos
Para não pesar tanto no bolso, vale apostar nas viagens fora de temporada, quando os hotéis têm preços bem mais amigáveis. Além disso, as passagens aéreas saem mais em conta do que nos meses de alta procura. De modo geral, principalmente na Região Nordeste, o pico são os meses de férias do calendário escolar e os feriados prolongados. Já as outras regiões dependem mais das condições climáticas, por causa da época de chuvas.

Se o objetivo é pegar praia sem ter que se preocupar com o clima, a Bahia é uma aposta segura para sol e calor e o estado conta com grandes resorts para receber a família inteira. A região baiana conhecida como Linha Verde é a mais indicada, pois concentra grande quantidade de resorts. Na Praia do Forte, a baixa temporada até garante um atrativo a mais: a observação de baleias-jubarte e a desova das tartarugas.
Sol na Bahia

+ Guarajuba


Cercada por coqueiros, a praia é mais sofisticada da Linha Verde e, por isso, é mais tranquila. O Vila Galé Marés Resort tem a melhor estrutura da praia, com spa, recreação, piscinas e sistema de diárias all inclusive. E o melhor: é pé na areia. Para experimentar um pouco da gastronomia local, o La Cantina é a melhor opção - a especialidade da casa são os pescados. O ambiente, charmoso, fica à beira de uma lagoa. Outro lugar para conhecer é o Bar do Prefeitinho , na Praia do Porto. Os pratos mais pedidos também são os pescados. O lugar é simples, mas com serviço atencioso.

+ Imbassaí


A paisagem é memorável. de um lado, o Rio Imbassaí, que deságua no mar. De outro, faixa de areia branquinha com coqueiros e dunas. Para chegar lá, é preciso atravessar uma ponte ou pegar carona com os jangadeiros. O Grand Palladium Imbassaí Resort & Spa é a melhor hospedagem da região. Para entreter os pequenos, passeios a cavalo, piscina, recreação infantil e sala de jogos. Enquanto um dos pais cuida do bebê, o outro pode relaxar no spa. Coma no estrelado Sombra da Mangueira. De especialidade baiana, as mesas são postas, literalmente, à sombra da mangueira. Os principais ingredientes são os peixes frescos e os frutos do mar.

+ Costa do Sauípe


A vantagem em ficar aqui é não ter que se preocupar com mais nada. Os resorts dão conta de tudo. Para as famílias, os mais indicados são o Sauípe Club e o Sauípe Fun. O primeiro tem quatro restaurantes e a estrutura para crianças inclui copa infantil, sala de jogos e recreação, além das maiores e mais animadas piscinas da região. O Fun, por sua vez, está mais próximo da praia e tem estrutura semelhante ao Club, além de oferecer atividades com monitores. A extensa faixa de areia repleta de coqueiros recebe artesãs da Vila Diogo, que vendem seus produtos por ali. A praia também é ponto de desova das tartarugas marinhas.

+ Praia do Forte


O ponto alto deste destino é observar o emocionante momento em que filhotes de tartaruga saem dos ovos em direção ao mar. O Projeto TAMAR estuda e protege as tartarugas marinhas. De setembro a março, dá para acompanhar o manuseio dos ninhos pelos biólogos, enquanto de novembro a maio é quando elas saem das cascas. Por toda a extensão da praia, há estrutura com barracas e bares. 

Andando em direção ao norte estão as famosas piscinas naturais. Entre julho e outubro a Praia do Forte recebe visitantes habitués: as baleias-jubarte. Nessa época, é realizado o passeio de escunas para observar os animais. Ele dura de três a quatro horas. O Tivoli Ec-Resort Praia do Forte, que mantém práticas sustentáveis desde os anos 1980, conta com copa infantil, parquinho, piscina e recreação. 

Para comer, o Terreiro da Bahia se destaca pelos pratos regionais com pescados, carne de sol e cordeiro. Com cardápio nordestino, o Joaquim serve principalmente carnes bovina e de cordeiro, frango e peixe.

Pousadas & restaurantes


Além dos badalados resorts, todas as praias da Linha Verde oferecem opções de pousadas bastante aconchegantes que cobram preços mais compatíveis com o bolso dos menos abastados. Aliados às pousadas, existem inúmeros restaurantes que, embora desprovidos do luxo e do aparato dos resorts, oferecem pratos deliciosos com preços justos e um atendimento de primeira linha.

Essa é a Bahia, de todos os santos, encantos e axés. Quem já veio quer voltar e quem ainda não conhece, não pode deixar de visitar a terra de Jorge Amado, Dorival, Caymmi, Mãe Menininha de Gantois, Filhos de Gandhi...!

Um comentário:

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!