segunda-feira, 9 de março de 2015

Who's Bad, maior tributo a Michael Jackson no mundo, está se apresentando no Brasil





O espetáculo, que cumpre agenda no Brasil onde tem passagem garantida por seis capitais brasileiras, já está na estrada há 11 anos, com mais de mil shows desde sua apresentação inicial num pequeno clube de Chapel Hill, na Carolina do Norte, EUA, é considerado o melhor tributo já prestado ao rei do pop


Elogiado pela crítica americana como o melhor tributo a Michael Jackson do mundo, o espetáculo Who’s Bad retorna a Porto Alegre após apresentações lotadas anos atrás no Teatro do Bourbon Country.

O grupo se apresentou no último sábado no Teatro Rio Mar, em Recife PE e mostra seu trabalho em Porto Alegre RS na próxima terça-feira, dia 10, às 21h.

O repertório é baseado em quatro discos fundamentais na discografia de Michael, Off the Wall, Thriller, Bad e Dangerous. Tudo é sintetizado em 1h e meia de espetáculo. O trabalho é tão sério em reproduzir as coreografias e a parte musical que Frank DiLeo, empresário e amigo íntimo do Rei do Pop, declarou que Michael ficaria orgulhoso em testemunhar este tributo.

O criador do espetáculo, Vamsi Tadepalli, ressalta que o grupo foi formado numa fase crítica para o ídolo: “MJ não estava bem em popularidade, às voltas com as acusações na Justiça. Então quis que as pessoas lembrassem de sua música e esquecessem o resto. Achei que seria uma ótima maneira de reunir as pessoas ouvindo, cantando e dançando a música de MJ”.

Who’s bad é um dos mais elogiados espetáculo do gênero, o que não é fácil, levando-se em conta que os músicos e cantores estão emulando a música e a performance de um artista conhecido pelo perfeccionismo. “Ele foi realmente um perfeccionista. Levamos por isso 11 anos para chegar ao estágio atual do grupo e continuamos trabalhando diariamente para fazê-lo ainda melhor.”


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!