domingo, 22 de março de 2015

Está cansado do turismo sol & mar? fique mais perto da natureza, no Amazonas



Aventurando-se mata adentro ou à beira do Rio Negro, são várias as opções do seguimento do turismo alternativo no ainda pouco explorado estado do Amazonas

O turismo alternativo se caracteriza como uma opção econômica e o contato com a natureza é o diferencial para quem procura esse tipo de diversão. Não é fácil encontrar pacotes ou sugestões nos sites de viagens, tendo em vista que o turismo alternativo ainda não atrai as empresas que buscam, na sua essência, retorno comercial.

Entre as viagens para o interior e sítios no Amazonas, o turismo alternativo surge como opção para quem quer fugir do barulho e da rotina da vida urbana. São várias as opções de hospedagem desde as mais simples até aquelas dotadas de melhor estrutura e equipamentos. A poucos quilômetros da estrada para Manacapuru e mais algum de estrada vicinal é possível se deliciar em trilhas e flutuantes, além de espaço para descansar e também se divertir com amigos e família.

Sem os luxos dos resorts, existem pousadas com frondosas casas avarandadas, de frente para o Rio Negro, com áreas de camping, trilhas, flutuante para as pessoas tomarem banho e até passeios de canoa. Um outro atrativo é a possibilidade de desfrutar da vida cabocla, tudo com muita simplicidade e sem burocracia. Se preferir, o visitante pode trazer a própria comida e prepará-la à vontade.

No geral, as pousadas preocupam-se bastante com a preservação da natureza e muitas contam com a coleta seletiva do lixo. Para os mais ‘naturebas’, existe a opção de dispensar o relativo conforto dos quartos e optar por uma aventura mais selvagem e curtir os acampamentos à beira do rio ou na maloca indígena, no coração da floresta.

Entre as atividades, uma das grandes pedidas é o passeio de barco. Além de conhecer as comunidades ribeirinhas próximas às margens o espetáculo fica para o final da tarde, no encontro do Lago do Guedes e o Rio Negro. Ainda é uma opção restrita aos amantes de uma atividade mais radical, mas é cada vez maior os integrantes dessa tribo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!