Construção - Reforma - Manutenção

Construção - Reforma - Manutenção
Clientes encantados é a nossa meta!

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

O mundo da arte ficou mais pobre com a partida da atriz Odete Lara para outra dimensão, ontem, quarta-feira (4), aos 85 anos, no Rio de Janeiro






A partida de Odete causou comoção no âmbito das artes cênicas, por tudo que ela representou para que a profissão de atriz. Tratava-se de uma mulher belíssima, talentosa, uma atriz de teatro que fez televisão e se consagrou nas telas, trabalhando com os maiores diretores, tornando-se uma das maiores musas do cinema brasileiro, além de cantora


Como adorava cantar, chegou a dividir o palco com nomes como Vinicius de Moraes e Chico Buarque. No auge da fama, converteu-se ao budismo, abandonou a carreira e passou a viver isolada na Região Serrana do Rio.

Filha de imigrantes italianos, Odete Lara nasceu em São Paulo e ainda muito jovem sofreu uma tragédia na vida pessoal, quando o pai e a mãe se suicidaram. Dona de uma beleza que permaneceu até seus últimos dias, a atriz começou a carreira como modelo e participou do primeiro desfile de moda no país.

Odete Lara participou de quase 40 filmes, entre eles Bonitinha, mas Ordinária, O Boca de Ouro, Copacabana me Engana. A atriz, que participou ativamente da luta contra a ditadura militar no país e esteve à frente de uma das passeatas de intelectuais e artistas contra a Censura e pela Democracia.

Traços da atriz: uma mulher forte, à frente do seu tempo, que sempre seguiu seu coração e que deixa um legado importantíssimo para a cultura brasileira.

O lado escritora

Odete lara também aventurou-se no campo das letras e lançou os livros:
Minha Jornada Interior


Eu Nua

Meus Passos Em Busca de Paz

Sobre Odete Lara, Bemvindo Siqueira, escreveu nos eu blog:

“Era a minha musa, e de toda uma geração.

Cantava, interpretava, e durante a vida escreveu livros também.

De repente, “não mais que de repente” como diria o poeta, ela deixou a vida mundana e refugiou-se em seu sítio na Serra Fluminense, em Nova Friburgo. Só saiu de lá há pouco tempo para tratar da saúde, vindo a morar no Rio em companhia de uma cuidadora.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!