quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

O Brit Awards 2015 não empolgou e o tombo de Madonna foi o destaque do evento



Sem grandes atrativos, o Brit Awards 2015 tinha como momento mais esperado a performance de Madonna, mas a pop star não se destacou pela apresentação e sim por um tombo inesperado tombo de costas

Entrando no palco para cantar "Living for Love", Madonna não conseguiu desamarrar uma capa que usava e que foi puxada pelos bailarinos, derrubando-a de costas. A cantora, visivelmente nervosa, continuo a performance, mas segundo relatos, machucou o braço esquerdo.
Pontualidade britânica

A edição 2015 do Brit Awards começou neste ano exatamente às 17h (horário de Brasília) com uma apresentação de Taylor Swift, com a música "Blank Space". O primeiro premiado da noite foi Ed Sheeran, que venceu na categoria melhor cantor solo britânico. Ele concorreu com George Ezra, Paolo Nutini e Sam Smith.

A festa, considerada o Grammy inglês, teve como apresentadores os comediantes Anthony McPartlin e Declan Donnelly, que anunciaram a presença de Kanye West. "Queremos dizer que Kanye West está no recinto. Atenção vencedores: se ganharem, é melhor entregar o prêmio para ele", em referência a uma atitude de Kanye durante o Grammy deste ano, ao tentar retirar o prêmio de Beck.

Os grandes vencedores foram os cantores Sam Smith e Ed Sheeran que ganharam dois prêmios cada um. Smith foi indicado a seis categorias e ganhou o Brit Global Success e o revelação britânica. Já Sheeran foi indicado a quatro categorias e ganhou cantor solo britânico e o de álbum britânico, o mais importante da noite.

A premiação também foi marcada pela ausência de três vencedores, Pharell Williams, Foo Fighters e One Direction que não puderam comparecer mas mandaram representantes receberem os prêmios ou enviaram vídeos de agradecimentos.

O cantor Pharrell Williams ganhou o prêmio de melhor cantor solo internacional. O artista, no entanto, não pode comparecer e agradeceu o prêmio por meio de um vídeo, exibido durante o evento.

Lionel Richie subiu ao palco para apresentar o prêmio de melhor single britânico, vencido por Mark Ronson, com a canção "Uptown Funk", feita em parceria com Bruno Mars. Em seus agradecimentos, Ronson agradeceu a Lionel Richie e Commodores, antiga banda do cantor e influência para Ronson.

Em mais uma ausência, a banda Foo Fighters venceu na categoria melhor grupo internacional. Em um vídeo, eles agradeceram. "Estamos na Califórnia. Desculpe não estarmos presentes. Gostaríamos de agradecer ao prêmio. Em breve estaremos aí", disse o vacalista Dave Grohl.

A boy band One Direction ganhou o prêmio de melhor vídeo britânico. Os garotos, que estavam em turnê no Japão, também não puderam comparecer. O prêmio foi recebido pelo produtor Simon Cowell, jurado do programa X-Factor, onde o grupo foi descoberto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!