quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Obras do Museu do Amanhã, na Zona Portuária do Rio são suspensas

Projeto final do Museu do Amanhã 

Após constatar falhas nos dispositivos de proteção do sistema elétrico, o Ministério do Trabalho e Emprego determinou a suspensão das obras do Museu do Amanhã, no Píer Mauá, na Zona Portuária do Rio. De acordo com o ministério, as obras só poderão ser retomadas após a correção dos equipamentos e a realização de uma nova vistoria no local

Orçado em R$ 215 milhões, o Museu do Amanhã, empreendimento conjunto da prefeitura carioca e da iniciativa privada, é um dos símbolos da revitalização da zona portuária do Rio de Janeiro. Com projeto do arquiteto catalão Santiago Calatrava, o museu, com uma área de 15 mil metros quadrados, será um espaço interativo, com recursos audiovisuais que permitirão ao visitante imaginar futuros possíveis para a humanidade nos próximos 50 anos. As obras têm previsão de terminar no primeiro semestre deste ano.

Vizinhança seleta

Vizinho de beldades históricas e arquitetônicas — como o Morro da Conceição, o Mosteiro de São Bento e o Museu de Arte do Rio (MAR) — e com vista privilegiada da Baía de Guanabara, o museu branco neve leva a assinatura do arquiteto espanhol Santiago Calatrava. Com 320 metros de comprimento e 23 metros de altura, está sendo erguido num terreno de 35,8 mil metros quadrados, em meio a jardins, espelho d'água e área de lazer. A previsão é de que o museu receba de 350 mil a 400 mil visitantes em seu primeiro ano de vida.

O formato alongado, mostrado em perspectiva de Calatrava — para alguns, de bromélia; para outros, de animal marinho e até de navio e mariposa —, ainda não se consegue visualizar. Porém, os números de cada estágio das obras mostram os avanços. No subsolo, por exemplo, 90% das instalações dos sistemas de infraestrutura que atenderão ao museu estão prontas.

A estrutura de concreto atingiu a marca de 95% executados e da cobertura, 18% foram instalados. As peças vieram desmontadas de Portugal, foram para um galpão em Caxias e são trazidas, gradativamente, para a montagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado após análise.
Obrigado!